Período (química)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Madelung rule.svg

Período ou série é cada uma das 7 linhas da tabela periódica, e indica o número de níveis ocupados pelos elétrons. Por exemplo: o Gálio está localizado no 4° período, ou seja, ele possui 4 níveis eletrônicos. Na tabela periódica, o Gálio tem a seguinte distribuição eletrônica: 2 - 8 - 18 - 3. Ou seja, no primeiro nível, há 2 elétrons, no segundo 8, e assim por diante.

Os níveis são nomeados pelas letras de K até Q, sendo K o 1º, e Q o último.

Para ajudar no aprendizado, um método fácil para decorar a sequência ao lado, é criar uma música, por exemplo:

"Silas,

Silas Pula,

Silas Pula Dentro,

Silas Pula Dentro Fora,

Silas Pula Dentro Fora Girando,

Silas Pula Dentro,

Silas Pula."

As letras maiúsculas equivalem aos subníveis.

O "girando" da música serve apenas para lembrar que existem sub-níveis teóricos.

Cada nível pode suportar um número máximo de elétrons[1] :

K = 2; L = 8; M = 18; N = 32; O = 32; P = 18; Q = 8

O primeiro período da Tabela periódica contém 2 elementos, o segundo e o ultimo( sétimo) contém 8, o terceiro e o penúltimo( Sexto ) contém 18, e o Quarto e o Quinto sétimo contém 32.

1- (2)

2-7 ( 8)

3-6 ( 8)

4-5( 32)

Propriedades dos elementos segundo o seu Período[editar | editar código-fonte]

Raio atômico

Aumenta da direita para a esquerda, pois conforme o Numero Atômico diminui, também diminui a atração do núcleo pelos elétrons do ultimo nível, aumentando-se o raio.

Energia de Ionização

Aumenta da esquerda para a direita, pois quanto menor o raio atômico, maior é a energia para retirar um elétron do seu ultimo nível, pois a atração entre o próton e o elétron é maior por estarem mais próximos.

Eletronegatividade

Aumenta da esquerda para a direita, pois quanto menor o raio do átomo, maior será a atração do núcleo pelos elétrons do nível de energia mais externo, e portanto maior a sua tendência de atrair elétrons. Não é considera a família dos Gases Nobres na sequência de eletronegatividade.

Eletropositividade

Aumenta da direita para a esquerda, pois quanto maior o raio atômico, menor será a atração do núcleo pelos elétrons do nível de energia mais externo, e mais facilmente o átomo perdera elétrons, tendo portanto maior eletropositividade[2] .

Referências