Perdigão (empresa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Perdigão
Logotipo da Perdigão S.A.
Razão social Perdigão S.A.
Tipo Empresa de capital fechado
Slogan Evite Surpresa, Vai na Certeza
Indústria Alimentícia
Gênero Subsidiária
Fundação 1934
Sede Videira, SC,  Brasil
Área(s) servida(s) Mundo
Proprietário(s) BRF
Produtos Chester, Na Brasa, Meu Menu, Mini Chicken, Big Chicken, Mortadela Ouro
Website oficial www.perdigao.com.br/
Caminhão da Perdigão a transitar na BR-116 em Jequié, Bahia.

Perdigão é uma marca brasileira de alimentos frigoríficos que nasceu em Videira, Santa Catarina, pertencente à BRF.

A Perdigão adquiriu nos últimos anos um dos mais elevados faturamentos comprando diversas indústrias do setor de alimentos tais como a Batavo S.A. e recentemente fechou acordo com a Sadia uma das maiores empresas de processamento de alimentos do Brasil, que se tornou subsidiária da empresa. Os proprietários a partir de 19 de maio de 2009 decidiram renomear o nome Perdigão para BRF, a mais nova gigante do setor alimentício do país.

História[editar | editar código-fonte]

A empresa Perdigão S/A nasceu no ano de 1934, em Videira, Santa Catarina, e sua trajetória se confunde com a própria história do setor alimentício do país. Desde então, a Perdigão está presente na mesa dos brasileiros com uma ampla linha de produtos, como Mortadela Ouro, Chester, Meu Menu, Mini Chicken, Na Brasa, Salsicha, Linguiça Calabresa e muito mais.

A empresa investiu também nos esportes, mais especificamente na década de 80 e 90, destacando-se no futsal com títulos nacionais e internacionais e revelando jogadores para a base da seleção brasileira no salonismo. Na época havia uma politica semelhante entre os frigoríficos de Santa Catarina o que fez o pequeno Estado projetar-se como potencia esportiva no futsal com Perdigão e Sadia e o Frigorifico Chapecó no voleibol.

A partir da associação da Perdigão com a Sadia em 2009, nasceu a BRF, uma das maiores empresas do setor alimentício, com diversas marcas consagradas, entre as quais Perdigão, Sadia, Batavo e Elegê. Em 2015, a empresa realizou a venda da Batavo e da Elegê para a Lactalis, com o objetivo de se focar na produção de proteína animal.

Assim como todo o portfólio de marcas da BRF, a vocação pela inovação também está no DNA da Perdigão e o lançamento da marca Chester®, em 1983, é um exemplo emblemático: a ave especial tornou-se sinônimo de categoria nas comemorações de final de ano. Além disso, a empresa é responsável por diversas inovações que hoje fazem parte da mesa dos brasileiros, como a pizza congelada, em 1998, e o prato pronto individual, com a linha Meu Menu, em 2010.

Você sabia que as aves que compõem o logo da marca são um casal de perdizes? Ao comemorar 68 anos, elas passaram a morar dentro de um coração e até hoje compõem a identidade visual da marca.

A marca Perdigão integra uma das maiores empresas de alimentos do Brasil e do mundo, responsável por contribuir para a estabilidade e crescimento do país, sempre de forma socialmente responsável e preocupada com o meio ambiente e a comunidade.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

O símbolo da empresa é decorrente do nascimento da empresa na Vila das Perdizes, hoje município catarinense de Videira. Perdiz é o outro nome para Perdigão.[1]

Chester não é uma ave como muitas pessoas pensam. O Chester é um tipo muito especial de frango. É um super frango, se preferir, maior, com menos gordura e grandes quantidades de peito e coxa (mais de 70% da ave, contra 45% em um frango comum). Em 1979, avicultores brasileiros foram aos EUA e voltaram com os pais do Chester. A ideia principal era chegar a uma ave vistosa que fosse uma alternativa ao poderoso peru.[2]

Nos documentos confidenciais da autoria da sociedade de advogados panamenha Mossack Fonseca, "Panama Papers", fornecem informações da empresa Perdigão sobre paraísos fiscais offshore.[3].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Revista Superinteressante, O Mistério das Marcas, edição 261, janeiro de 2009, p. 34
  2. «Saiba tudo sobre o Chester, a ave mais misteriosa na internet». www.perdigao.com.br. Consultado em 4 de janeiro de 2016 
  3. Offshore Leaks Database PERDIGAO AGROINDUSTRIAL BRAZIL S.A.