Pero Soares

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Pero Soares 
  Freguesia portuguesa extinta  
Localização
Pero Soares está localizado em: Portugal Continental
Pero Soares
Localização de Pero Soares em Portugal Continental
Mapa de Pero Soares
Coordenadas 40° 33' 06" N 7° 19' 42" O
município primitivo Guarda
município (s) atual (is) Guarda
Freguesia (s) atual (is) Mizarela, Pero Soares e Vila Soeiro
História
Extinção 28 de janeiro de 2013
Características geográficas
Área total 2,86 km²
População total (2011) 70 hab.
Densidade 24,5 hab./km²

Pero Soares (pré-AO 1990: Pêro Soares)[1] foi uma freguesia portuguesa do município da Guarda, com 2,86 km² de área[2] e 70 habitantes (2011[3]). A sua densidade populacional foi 24,5 hab/km².

Foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2012/2013,[4] sendo o seu território integrado na União de Freguesias de Mizarela, Pero Soares e Vila Soeiro com a sede em Mizarela.[5]

Com uma altitude de 610 metros, este povoado tem uma ocupação essencialmente agrícola e é atravessado por uma calçada romana[6].

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Pero Soares[7]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
235 261 271 311 320 294 273 319 312 265 175 140 147 89 70

Património[editar | editar código-fonte]

  • Igreja Paroquial de Pero Soares

Notas e Referências

  1. Diário da República Eletrónico. «Nova grafia dos topónimos». Imprensa Nacional-Casa da Moeda. Consultado em 26 de fevereiro de 2014 
  2. Instituto Geográfico Português, Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2012.1
  3. INE (2012) – "Censos 2011 (Dados Definitivos)", "Quadros de apuramento por freguesia" (tabelas anexas ao documento).
  4. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Reorganização administrativa do território das freguesias, Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro, Anexo I. Acedido a 19/07/2013.
  5. Diário da República, 1.ª Série, n.º 62, Declaração de Retificação n.º 19/2013, de 28 de março. Acedido a 14/11/2013.
  6. Barbosa, Angelina & Correia, António (1998). À descoberta da Estrela - Grande Rotas Pedestres, Parque Natural da Serra da Estrela, pág. 29
  7. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes



Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.