Pesca & Cia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pesca & Cia
Informação geral
Formato Programa jornalístico
Gênero Meio ambiente
Duração 60 min
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Apresentador(es) Rubem de Almeida Prado (Rubinho)
Gustavo dos Reis Filho (Gugu)
Marcos Conceição
Nelson Nakamura
Pepe Mélega
Lester Scalon
Luis Claudio Pacheco (Lusca)
Tema de abertura "Pesca & Companhia", Bruno Nunes
Tema de encerramento "Pesca & Companhia", Bruno Nunes
Exibição
Emissora de televisão original Brasil SBT
Brasil Rede Bandeirantes
Brasil RecordTV
Brasil Rede 21
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 19902003
Cronologia
Programas relacionados Fish TV

Pesca & Companhia foi um programa de pesca exibido nas manhãs de domingo pelo SBT,[1] Rede Bandeirantes,[2] RecordTV[3] e Rede 21[4] nas décadas de 1990 e 2000. Apresentava a pesca desportiva de diversos peixes. Foi apresentado pelos pescadores profissionais Rubens de Almeida Prado (o "Rubinho"),[5] Gustavo dos Reis Filho (o "Gugu"), Marcos Conceição, Nelson Nakamura[6], Pepe Mélega, Lester Scalon e Luis Claudio Pacheco (Lusca)

Pioneirismo e polêmicas[editar | editar código-fonte]

O programa é tido como pioneiro por ser o primeiro a apresentar a pesca desportiva na televisão. Em 1996, a bióloga Sônia Fonseca, então diretora da seção São Paulo da UIPA (União Internacional Protetora dos Animais) manifestou-se contra o programa por abordar a pescaria como forma de entretenimento mesmo não havendo indícios de malefício aos animais capturados.[3]

Carlos Fernando Fisher, chefe do Departamento de Pesca do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais) não posicionou-se contra o programa e nem a pesca desportiva, porém deixou claro que o IBAMA iria estudar a questão através de pesquisas sobre a pesca desportiva e os seus impactos ambientais.[3]

Vários profissionais da televisão e biólogos favoráveis a pesca desportiva manifestaram-se favoravelmente ao programa.[3] O programa deu origem vários outros do gênero.

Referências

  1. «Folha de S.Paulo - Programação de TV - 24/12/2000». Folha de S.Paulo. 24 de dezembro de 2000. Consultado em 5 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 5 de janeiro de 2017 
  2. «Folha de S.Paulo - Programação de TV - 29/09/2002». Folha de S.Paulo. 29 de setembro de 2002. Consultado em 5 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 3 de junho de 2016 
  3. a b c d GUERINI, Elaine (13 de outubro de 1996). «Ecologistas condenam pesca na TV». Folha de S.Paulo. Consultado em 5 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 5 de janeiro de 2017 
  4. «Folha de S.Paulo - Programação de TV - 14/09/2003». Folha de S.Paulo. 14 de setembro de 2003. Consultado em 8 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2017 
  5. Glauco. «Conversando com Rubinho». BassOnline. Consultado em 7 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2017 
  6. «História». Sítio Oficial - Nelson Nakamura. Consultado em 7 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.