Pet Shop Boys

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pet Shop Boys
Pet Shop Boys durante uma entrevista em 2013
Informação geral
Origem Londres, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s)
Período em atividade 1982 - hoje
Gravadora(s) Kobalt
(Reino Unido, 2013–atualmente)

Parlophone
(Reino Unido, 1985–2013)

EMI (EUA, 1985–1995)
Atlantic (EUA, 1996–1998)
Sire (EUA, 1999–2001)
Sanctuary (EUA, 2002–2003)
Rhino (EUA, 2004–atualmente)
Afiliação(ões) Electronic, Dusty Springfield, Kylie Minogue, Robbie Williams, Jean Michel Jarre, Sam Taylor-Wood[7]
Integrantes Chris Lowe
Neil Tennant
Página oficial www.petshopboys.co.uk

Pet Shop Boys é uma dupla britânica de synth-pop, formada em Londres em 1981 e composta por Neil Tennant (vocal principal, teclados, guitarra ocasional) e Chris Lowe (teclados, vocais).

Os Pet Shop Boys já venderam mais de 100 milhões de discos em todo o mundo[8] e estão listados como a dupla de maior sucesso na história da música britânica pelo Guinness Book.[9] Três vezes vencedores do Brit Award e seis vezes indicados ao Grammy Award, desde 1985 eles alcançaram 42 singles Top 30, 22 deles Top 10 no UK Singles Chart, incluindo quatro números um do Reino Unido: "West End Girls" (também número um no Billboard Hot 100 dos EUA), "It's a Sin", um aclamado cover de "Always on My Mind" e "Heart". Outras canções de sucesso incluem um cover de "Go West", "Opportunities (Let's Make Lots of Money)" e "What Have I Done to Deserve This?" em dueto com Dusty Springfield.

No Brit Awards 2009, em Londres, o Pet Shop Boys recebeu um prêmio de contribuição excepcional para a música. Em 2016, a revista Billboard nomeou o Pet Shop Boys como o duo/grupo número um durante os 40 anos desde o início do gráfico em 1976.[10] Em 2017, a dupla recebeu o Godlike Genius Award da NME.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Neil Francis Tennant nasceu em 1954, no dia 10 de julho, em North Shields, Inglaterra. Em 1959, quase 5 anos depois, em 4 de outubro, nascia Christopher Sean Lowe, em Blackpool, também na Inglaterra. A inclinação para a música começou cedo: Neil compunha desde os 11 anos de idade e Chris tocava trombone e piano também desde pequeno. Entre 70 e 71, Neil tocou violão e cantou numa banda folk chamada Dust. Em 72, mudou-se para Londres para estudar história na Polytechnic of North London. Começou a trabalhar como editor correspondente da Marvel Comics, passando por outras duas editoras e finalmente foi parar na revista Smash Hits, especializada em música pop. Chris chegou a ser tecladista numa banda heavy chamada Stallion, na escola onde estudava. Na mesma escola fazia parte da orquestra tocando trombone, além de ser um dos 7 integrantes de uma banda de jazz local: One Under The Eight. Em 78 foi estudar Arquitetura na Liverpool University. Os dois se conheceram em 81, numa loja de discos de King's Road - Neil já trabalhava como crítico musical e Chris estagiava como arquiteto. De um simples bate-papo sobre gostos musicais surgiram os Pet Shop Boys. No início eles se denominaram West End (região da cidade de Londres), mas depois adotaram definitivamente o nome "Pet Shop Boys" por causa de uns amigos de Chris que trabalhavam numa loja de animais de estimação (Pet Shop).

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Pet Shop Boys (discografia)

Personalidades relacionadas[editar | editar código-fonte]

Música[editar | editar código-fonte]

  • Madonna - Os Pet Shop Boys produziram o remix da música "Sorry", do álbum Confessions On A Dance Floor (2005). O resultado é um excelente remix usado na turnê do mesmo álbum, The Confessions Tour, de 2006.
  • Elvis Presley - Gravaram em 1987 a música "Always On My Mind", canção gravada por Elvis em 1972, só que simplesmente essa canção não era conhecida do grande público, o que só viria a acontecer dez anos mais tarde com a regravação de Willie Nelson e logo depois a versão dos Pet Shop Boys. No entanto a primeira gravação ocorreu também em 1972 com a cantora Brenda Lee. Os compositores são Wayne Thompson, Mark James (Suspicious Minds) e Johnny Christopher.
  • Dusty Springfield - Dueto em "What Have I Done To Deserve This?" e composições da dupla em um de seus álbuns;
  • Liza Minelli - Os Pet Shop Boys produziram e compuseram para o seu álbum Results;
  • Eight Wonder - Gravou "I'm Not Scared", de autoria da dupla;
  • Sterling Void - Gravaram "It's Alright", regravada pelos Pet Shop Boys em 1988;
  • Robbie Williams - Regravou "I Wouldn't Normally Do This Kind Of Thing" e em dueto na música "She's Madonna", sendo esta última uma homenagem à cantora Madonna.
  • U2 - Autores de "Where The Streets Have No Name", regravada pelos Pet Shop Boys em 1991;
  • Electronic - Os Pet Shop Boys colaboraram em 2 faixas do seu álbum de estréia e, mais tarde, no single "Disappointed";
  • Kylie Minogue - Gravou "Falling" e fez um dueto em "In Denial", ambas de autoria dos Pet Shop Boys.
  • Tina Turner - Gravou "Confidential", escrita pelos Pet Shop Boys.
  • David Bowie - Dueto com os Pet Shop Boys em "Hallo Spaceboy".
  • Elton John - Dueto com os Pet Shop Boys em "Believe/Song For Guy", que foi executada inicialmente em um programa de TV e depois gravada em estúdio (ainda não lançada).
  • Frankie Valli - Na música "Where The Streets Have No Name" do U2 ela é misturada com a música "Can't Take My Eyes Off You" de Frankie Valli.
  • Boy George - Na Música "The Crying Game", da trilha sonora de um filme de mesmo nome, os Pet Shop Boys fizeram o instrumental e os backingvocals, ficando os vocais a cargo de Boy George.
  • Village People - Os Pet Shop Boys regravaram "Go West" do Village People que se tornou um dos seus maiores hits.
  • Girls Aloud - Os Pet Shop Boys co-escreveram e produziram a canção "The Loving Kind" do álbum Out of Control do grupo, de 2008
  • Lady Gaga - Os Pet Shop Boys fizeram um remix da música "Eh, Eh (Nothing Else I Can Say)" do álbum The Fame (2008) presente no album de remixes The Remix (2010)
  • Rammstein - Os Pet Shop Boys fizeram um remix da música "Mein Teil" do álbum Reise, Reise (2004) presente no disco 2 do album "Made in Germany" (2011)
  • Gamma Ray - O grupo alemão de power metal gravou um cover para It's a Sin no álbum Power Plant de 1999.

Outros[editar | editar código-fonte]

  • Derek Jarman - o cineasta inglês foi responsável pelos videos de It's A Sin e Rent e de filmes projetados na turnê Highlights, entre outros.
  • Zaha Hadid - a renomada arquiteta iraquiana projetou o palco da turnê Nightlife
  • David John McDonald - o ator britânico adotou o sobrenome do Neil Tennant como sobrenome artistico e tornou-se David Tennant, pois já havia um ator chamado David McDonald, e como os Pet Shop Boys era (e talvez ainda seja) uma de suas bandas favoritas, optou por essa mudança.

Pet Shop Boys e o Brasil[editar | editar código-fonte]

A dupla se apresentou ao vivo no Brasil em várias ocasiões.

A primeira vez foi em 1994, quando realizou shows no Rio de Janeiro, depois em São Paulo pela Discovery Tour.

Musicalmente, a dupla mostrou influências assumidamente brasileiras no álbum Bilingual, de 1996, álbum imediatamente posterior à primeira passagem pelo Brasil, onde utilizaram um excerto da obra da artista Astrud Gilberto e sons de percussão semelhante ao grupo Olodum. As influências mais explícitas estão na música Se a vida é, do mesmo álbum.

Voltaram somente em 2004, apresentando-se apenas uma vez, no TIM Festival, que aconteceu em São Paulo.

Em 2007 estiveram em São Paulo, nos 16 e 17 de março de 2007, apresentando-se no Credicard Hall. Na mesma época passaram pelo Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte.

Em Outubro de 2009, pela turnê Pandemonium, apresentaram-se em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e, pela primeira vez, em Brasília.

Retornaram em 2010 para tocar num evento fechado de operadora de TV.

Em Maio de 2013 apresentaram o seu novo álbum Electric na turnê homônima em show isolado no Credicard Hall em São Paulo.

Dia 23/09/2017 a dupla se apresentou no Pepsi On Stage em Porto Alegre. [3]

A dupla foi anunciada como atração do palco mundo na edição de 2017 do Rock in Rio.[11]

Em setembro de 2017, se apresentaram na primeira noite do Rock in Rio, logo após a cantora brasileira Ivete Sangalo ter aberto o evento com a participação especial da modelo brasileira Gisele Bundchen. A dupla fez um dos shows mais elogiados do festival, incluindo no repertório, desde novas músicas do último álbum "Super", como Burn e Inner Sanctum, até as clássicas Domino Dancing, West End Girls e It's a Sin. A dupla também ganhou as páginas do noticiário nacional e internacional por ter sido assaltada no calçadão de Copacabana, durante um simples passeio no dia seguinte, O fato foi minimizado por Neil Tennant, que ao lado do parceiro Chris Lowe, fez show também em Brasília, São Paulo e Curitiba, com a turnê Super.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of the United Kingdom.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Reino Unido é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Synth pop: Encyclopedia of Modern Music». Consultado em 25 de janeiro de 2019. Arquivado do original em 25 de janeiro de 2019 . The Times.
  2. Metzer, Greg (2008). Rock Band Name Origins: The Stories of 240 Groups and Performers. [S.l.]: McFarland. p. 144. ISBN 978-0-7864-5531-7 
  3. Herzog, Kenny (9 de julho de 2013). «The Pet Shop Boys' Neil Tennant Explains How the World Works». Spin. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  4. http://www.crossfadr.com/2013/07/26/why-electric-shows-the-pet-shop-boys-do-edm-better-than-anyone/
  5. Lindsay, Cam. «Pet Shop Boys A Life in Pop». Exclaim!. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  6. «Coachella 2014: Empire of the Sun, Pet Shop Boys Bring Art Pop to the Desert». Billboard.com. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  7. «Pet Shop Boys – News archive (September 2008)». Pet Shop Boys. Consultado em 9 de fevereiro de 2019 
  8. «Pet Shop Boys: Biografie». Warner Music Germany (em alemão). Consultado em 9 de fevereiro de 2019. Arquivado do original em 9 de fevereiro de 2019 
  9. The Guinness Book of Records 1999. [S.l.]: Guinness. 1998. p. 228 
  10. «Greatest of All Time: Madonna Is Billboard's No. 1 Dance Club Songs Artist». Billboard.com. 1 de dezembro de 2016. Consultado em 9 de fevereiro de 2019 
  11. [2]