Petalonamae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaPetalonamae
Charnia masoni

Charnia masoni
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Petalonamae
Hans Pflug, 1970

Petalonamae é um filo extinto do reino Animalia do período Ediacarano (de 580 até 542 milhões de anos).[1] Seus membros se assemelhavam a frondes, ou folhas de samambaia. Por muito tempo achou-se que eram antigas algas, até ser provado que eram animais. Depois, se passou a achar que eram corais, porém, análises em sua estrutura provou que eram animais, que possuem um padrão definido para que suas células sempre se dividam nele, por isso eles não eram capazes de desenvolver ossos, órgãos e tecidos especializados para realizar certas funções. Quase sempre eram seres finos, que filtravam os nutrientes na água do fundo dos mares e oceanos presos à um suporte.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Os táxones subordinados são:[2]

Outros géneros:

Referências

  1. «†phylum Petalonamae Pflug 1972». Consultado em 5 de Janeiro de 2014 
  2. «Fossilworks». Consultado em 5 de Janeiro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]