Peter Shaffer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Peter Shaffer
Nascimento 15 de maio de 1926
Liverpool
Morte 6 de junho de 2016 (90 anos)
Condado de Cork
Cidadania Reino Unido, Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda
Etnia Judeu
Irmão(s) Anthony Shaffer
Alma mater Universidade de Cambridge, Trinity College, St Paul's School
Ocupação roteirista, dramaturgo, dramaturgo, crítico literário
Prêmios Oscar de melhor roteiro adaptado, Comandante da Ordem do Império Britânico, Ordem do Império Britânico, Cavaleiro Celibatário

Peter Levin Shaffer (Liverpool, 15 de maio de 1926Condado de Cork, 6 de junho de 2016) foi um dramaturgo e roteirista britânico.[1]

É autor de inúmeras peças teatrais, que receberam diversos prêmios, e muitas delas tornadas filmes.

Um de seus trabalhos de maior destaque foi a peça Equus, que conta a história de um rapaz, Alan Strang, em tratamento psiquiátrico. A peça foi levada às telas de cinema pelo cineasta Sidney Lumet, com roteiro do próprio Shaffer.

Peter Shaffer morreu em 6 de junho de 2016, aos 90 anos, em um hospital de Marymount, no condado de Cork, Irlanda.[2]


Obras selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • 1954 - The Salt Land - sua primeira peça, e que foi apresentada no canal de televisão BBC.
  • 1957 - Balance of Terror
  • 1957 - The Prodigal Father
  • 1958 - Five Finger Exercise - adaptada para o cinema em 1965.
  • 1962 - The Private Ear and The Public Eye
  • 1963 - The Establishment
  • 1963 - The Merry Roosters Panto
  • 1964 - The Royal Hunt of the Sun - peça que trata da conquista do Peru pelos espanhóis e que foi transformada em filme em 1969.
  • 1967 - Black Comedy / White Lies
  • 1970 - The Battle of Shrivings
  • 1973 - Equus - peça teatral baseada numa história real, e que ganhou o Prêmio Tony de melhor peça de teatro em 1975, além do prêmio concedido pelo New York Drama Critics Circle; foi levada às telas do cinema em 1977.
  • 1979 - Amadeus - relato ficcional da relação entre os compositores Antonio Salieri e Wolfgang Amadeus Mozart, e que também recebeu o Prêmio Tony de melhor peça de teatro em 1981; em 1984 foi realizado o filme Amadeus, baseado na peça, e que ganhou oito Oscares, inclusive o de melhor filme.
  • 1983 - Black Mischief
  • 1985 - Yonadab
  • 1987 - Lettice and Lovage
  • 1987 - This Savage Parade
  • 1990 - Whom Do I Have The Honour of Addressing?
  • 1992 - The Gift of the Gorgon

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]