Peter Tägtgren

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Peter Tägtgren
Peter Tägtgren, Myötätuulirock , 2011
Informação geral
Nome completo Alf Peter Tägtgren
Nascimento 3 de junho de 1970 (49 anos)
Origem Estocolmo, Suécia
País  Suécia
Gênero(s) Death metal, Metal industrial, Black Metal, Grindcore
Instrumento(s) vocal, guitarra, baixo, bateria, teclado, percussão
Período em atividade 1990 - Presente
Gravadora(s) Nuclear Blast
Afiliação(ões) Pain
Bloodbath
Hypocrisy
Lock Up
War
The Abyss
Página oficial [1]

Alf Peter Tägtgren[1] (Estocolmo, 3 de junho de 1970), mais conhecido como Peter Tägtgren, é um multi-instrumentista e produtor sueco. Tägtgren é o fundador, principal compositor, vocalista e guitarrista da banda de death metal Hypocrisy. Também é conhecido por participar da banda de metal industrial Pain, na qual é o único membro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Tägtgren começou tocando bateria aos 9 anos de idade. Mais tarde aprendeu a tocar guitarra, baixo e teclado.

Depois que a primeira banda de Tägtgren, Conquest, se separou, ele emigrou para os Estados Unidos. Lá ele tornou-se parte do cenário death metal depois que participou de sessões práticas com o guitarrista da banda Malevolent Creation, Phil Fasciana.

Tägtgren voltou para a Suécia e formou a banda Hypocrisy. Depois ele assinou um contrato com a gravadora Nuclear Blast.

Embora Hypocrisy fosse seu principal foco, ele também trabalhou com outros projetos de metal na Suécia, incluindo Pain (metal industrial), na qual toca todos os instrumentos e compõe todas as músicas, Lock Up (grindcore/death metal), na qual era vocalista, The Abyss (black metal), na qual era vocalista, baixista e baterista, War (black metal), na qual era baterista, e mais recente o Bloodbath, na qual era vocalista. Ele também apareceu como guitarrista nos shows ao vivo das bandas Marduk e E-Type.

Peter Tägtgren também é produtor musical, onde é responsável por mixagens e edições na banda The Abyss, e outras bandas escandinavas, como Dimmu Borgir, Immortal, Amon Amarth, Children of Bodom, Skyfire, e também a banda suíça Celtic Frost

Peter Tägtgren no Metalcamp, 2007

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Durante a gravação do álbum Dancing With the Dead (Pain), seu coração parou de bater por vários minutos. Este ocorrido o inspirou a escrever a música "Dancing With the Dead".
  • Ele possui um vilarejo na Suécia, chamada Pärlby. O vilarejo conta com aproximadamente 120 moradores e está à aproximadamente 3 horas ao norte de Estocolmo.
  • Tägtgren também atua como ator, e já participou de três filmes. Um deles é de nome desconhecido, porém os outros dois são: Sonambulo (2000) e Exit (2006).

Discografia e aparições especiais[editar | editar código-fonte]

  • Hypocrisy - (vocal, guitarra, letras, produção) - todos os lançamentos
  • Pain - (todos os instrumentos, vocal, letras, produção) - todos os lançamentos
  • Lindemann - Projeto com o vocalista Till Lindemann (Rammstein)
  • The Abyss - The Other Side - (vocal, bateria, baixo) - 1995
  • The Abyss - Summon the Beast - (vocal, bateria, baixo) - 1996
  • Algaion - Vox Clamentis - (bateria) - 1996
  • War - Total War - (bateria) - 1997
  • Edge of Sanity - Infernal - (guitarra solo em "The Bleakness of It All") - 1997
  • Therion - A'arab Zaraq - Lucid Dreaming - (guitarra solo em "Under Jolly Roger") - 1997
  • Lock Up - Pleasures Pave Sewers - (vocals) - 1999
  • Bloodbath - Nightmares Made Flesh - (vocal) - 2004
  • Kataklysm - Serenity in Fire - (vocal convidado em "For All Our Sins") - 2004
  • Sonic Syndicate - We Own The Night - (letras e música coescrita com Jonas Kjellgren em "Leave Me Alone") - 2010
  • Exodus - Exhibit B: The Human Condition - (backing vocal em "The Sun Is My Destroyer") - 2010
  • The Unguided - Nightmareland EP - (vocal convidado em "Pathfinder") - 2011
  • Sabaton - "Carolus Rex" - (vocal convidado em "Gott Mit Uns") - 2012

Créditos na produção[editar | editar código-fonte]

Referências