Peugeot 505

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo, expandindo-o. Mais informações podem ser encontradas no artigo «Peugeot 505» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (15/07/2019)


Peugeot 505
Peugeot 505 GR front side, Denpasar.jpg
Visão Geral
Produção 1978-1992
Fabricante Peugeot, Grupo PSA
Modelo
Classe Porte medio
Carroceria Sedan, furgão
Designer Studio Pininfarina
Cronologia
Peugeot 504
Peugeot 605

O 505 é um modelo de porte médio-grande da Peugeot.[1] Fabricado nos anos 1978 a 1992, tendo seu design feito pelo Studio Pininfarina, usando a base do Peugeot 504, sendo ultimo carro com tração traseira da marca. vendeu 1.350.798 unidades[2]

Historia[3][4][editar | editar código-fonte]

1978[editar | editar código-fonte]

O carro é lançado na França com a carroceria Sedan, para substituir o Peugeot 504.

1980[editar | editar código-fonte]

a versão 505 turbo diesel vende 1.200, como táxis para as cidades de Nova York e Los Angeles, que rendeu

1982[editar | editar código-fonte]

Recebe um motor de 150 CV, o carro vende 15000 nos EUA.

1983[editar | editar código-fonte]

A Peugeot convoca a Porsche um motor a gasolina turbo.

1984[editar | editar código-fonte]

novo motor de 160 CV.

1985[editar | editar código-fonte]

Graças a um Kit PTS ( Peugeot-Talbot Sport ) disponível ate 1989, o motor podia render 200 CV, nesse mesmo ano o painel recebeu modificações, também recebeu novas luzes traseiras e grade dianteira.

1986[editar | editar código-fonte]

Recebe o motor de 170 CV v6, a versão Furgão chega nesse mesmo ano, foram construídos 2 modelos cupê e conversível nunca lançados, mas são exibidos no Museu Peugeot em Sochaux, também é oferecido o modelo Dangel (4x4), 505 V6 nesse altura o carro possuía ABS, central de comando remoto das portas, teto solar deslizante e elevadores de janela elétrica, espelhos elétricos com degelo, e para versões de caixa automático um controle de cruzeiro.

1992[editar | editar código-fonte]

Após um carreira de sucesso, a Peugeot retira o carro de linha, sendo substituído pelo Peugeot 605


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Peugeot 505: Buying guide and review (1979-1992)». Auto Express. 5 de novembro de 2018. Consultado em 15 de julho de 2019 
  2. «La Peugeot 505 une succession difficile….» (em francês). 3 de agosto de 2012. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  3. «La Peugeot 505 une succession difficile….» (em francês). 3 de agosto de 2012. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  4. «Peugeot 505. - Le blog du lignard». lelignard.canalblog.com (em francês). 2 de agosto de 2015. Consultado em 2 de setembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Peugeot 505
Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.