Phil Silvers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Phil Silvers
Apelido(s) The King of Chutzpah
Nascimento 11 de maio de 1911
Brooklyn, Nova York Estados Unidos
Morte 1 de novembro de 1985 (74 anos)
Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos
Ocupação ator e comediante
Emmys
1956 — The Phil Silvers Show

Phil Silvers (11 de maio de 1911 - 01 de novembro de 1985) foi um ator e comediante norte-americano, conhecido como The King of Chutzpah.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em 11 de maio de 1911, no Brooklyn, Nova York, Phil Silvers era o oitavo filho e caçula de imigrantes judeus russos, Saul e Sarah (née Handler) Silver.[1] Aos 13 anos, já trabalhava como cantor na revista musical de Gus Edwards.[2]

Sua estréia no cinema ocorreu no filme Desfile Triunfal, em 1940.[3] Durante as duas décadas seguintes, Silvers trabalhou nos estúdios da MGM, Columbia Pictures, e 20th Century Fox, em filmes como Balas Contra a Gestapo com Humphrey Bogart em 1941, Se Você Fosse Sincera (1941), Turbilhão (1943), Alegria, Rapazes! (ao lado de Carmen Miranda), Modelos em 1944 e Casa, Comida e Carinho em 1950. Seu papel de maior destaque no cinema se deu em Top Banana de 1954, onde ele interpreta um egocêntrico chamado Jerry Biffle, sempre ocupado em ter um grande programa de televisão (personagem baseado em Milton Berle, segundo alguns), Silvers levou o personagem para os palcos teatrais e ganhou um prêmio Tony por sua atuação.[4]

Phil Silvers tornou-se popular em 1955, quando estrelou como o Sargento Ernest G. Bilko em "You'll Never Get Rich", mais tarde renomeado para The Phil Silvers Show. A comédia militar se tornou um sucesso da televisão e em 1958, a CBS mudou o show para seu horário nobre às sextas-feiras.[5]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • The Phil Silvers Show (1955-1959)
  • Keep in Step (1959)
  • The Ballad of Louie the Louse (1959)
  • The Slowest Gun in the West (1960)
  • Judy and Her Guests, Phil Silvers and Robert Goulet (1963)
  • The New Phil Silvers Show (1963-1964)
  • Gilligans Island (1966)
  • At Your Service (1966)
  • Damn Yankees (1967)
  • The Beverly Hillbillies (1969-1970)
  • Eddie (1971)
  • Bob Hope in Joys (1976)
  • The Night They Took Miss Beautiful (1977)
  • Goldie and the Boxer (1979)
  • Take Me Up to the Ball Game (1980) (voz)

Teatro[editar | editar código-fonte]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Phil Silvers foi casado duas vezes, com Evelyn Patrick e Jo-Carroll Dennison. Ambos os casamentos terminaram em divórcio, ele teve cinco filhas com sua segunda esposa.[4]

Morte[editar | editar código-fonte]

Silvers morreu com 74 anos de causas naturais em 1 de novembro de 1985, no distrito residencial de Century City na Califórnia.[6] Ele foi enterrado no Monte Sinai Memorial Park Cemetery, em Los Angeles.

Legado[editar | editar código-fonte]

Phil Silvers foi nomeado a quatro prêmios Emmy ao longo de sua carreira, ganhando um em 1956 por seu personagem no Phil Silvers Show. Silvers também recebeu dois Tony Award de "melhor performance de um ator em musical" em 1952 e em 1972. Em 1996, o TV Guide classificou-o na 31° posição entre "as 50 maiores estrelas da TV de todos os tempos".[7] Dick Van Dyke, que fez sua estréia na TV no The Phil Silvers Show disse que "sempre foi fascinado com senso de oportunidade de Phil". Em 2014, foi homenageado no "OFTA TV Hall of Fame" por seu legado na televisão americana.[8]

Referências

  1. Silvers, Phil; Saffron, Robert (1973). This Laugh Is on Me: The Phil Silvers Story. Englewood Cliffs, N.J.: Prentice-Hall. p. 15. ISBN 0-13-919100-3.
  2. Monush, Barry."Phil Silvers"Screen World Presents the Encyclopedia of Hollywood Film Actors: From the silent era to 1965 (2003), Hal Leonard Corporation, ISBN 1-55783-551-9, p. 681
  3. Crowther, Bosley."Movie Review: 'Hit Parade of 1941' at Loew's Criterion" The New York Times, Dezembro 5, 1940.
  4. a b "Phil Silvers" masterworksbroadway.com, Página visitada em 07 de outubro de 2014
  5. Gomery, Douglas."Phil Silvers" The Museum of Broadcast Communications (museum.tv), Página visitada em 07 de outubro de 2014.
  6. Kerr, Peter. "Phil Silvers, TV'S Sergeant Bilko, Dead At 73", The New York Times, Novembro 2, 1985, p. 32
  7. TV Guide Guide to TV. Barnes and Noble. 2004. p. 596. ISBN 0-7607-5634-1.
  8. «Phil Silvers: Awards». IMDb. Consultado em 07 de outubro de 2014.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Phil Silvers