Philadelphia Eagles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde fevereiro de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Philadelphia Eagles
Temporada da NFL de 2018
Fundado em 1933
Joga em Filadélfia, Pensilvânia
Jogos no Lincoln Financial Field
Philadelphia Eagles wordmark
Wordmark
Afiliações na liga/conferência

National Football League (1970–presente)

  • Eastern Division (1933–1949)
  • American Conference (1950–1952)
  • Eastern Conference (1953–1969)
    • Capitol Division (1967–1969)
  • National Football Conference (1970–presente)
Uniforme atual
NFCE-Uniform-PHI.png
Cores Verde, Prata, Preto e Branco

                   

Hino "Fly, Eagles Fly"
Pessoas-chave
Dono(s) Jeffrey Lurie
Christina Weiss Lurie
Chairman Jeffrey Lurie
CEO Jeffrey Lurie
General manager Howie Roseman
Treinador principal Doug Pederson
História do time
  • Philadelphia Eagles (1933–1942)
  • Phil-Pitt "Steagles" (1943)
  • Philadelphia Eagles (1944–presente)
Apelidos do time
  • The Birds
Campeonatos
Títulos da liga (4)
Campeonatos de conferência (4)
Campeonatos de divisão (13)
Aparições em playoffs (25)
Estádios

O Philadelphia Eagles é um time profissional de futebol americano da cidade de Filadélfia, na Pensilvânia (Estados Unidos). Os Eagles competem na National Football League (NFL) como membros da Divisão Leste da National Football Conference (NFC). Possuem um título de Super Bowl (edição LII), mas também conquistaram três títulos da liga na era pré-fusão (em 1948, 1949 e 1960).[1]

A franquia foi estabelecida em 1933 após o clube Frankford Yellow Jackets ter falido. O empresário Bert Bell conseguiu assegurar os direitos de construir uma nova franquia para a NFL na cidade de Filadélfia. O time teria muitas boas temporadas e mas também várias ruins, vencendo três títulos da liga entre as décadas de 1930 e 1960. Na "Era Super Bowl", foram duas aparições na final, entre 1970 e 2016, com duas derrotas (nas edições XV e XXXIX). Na temporada de 2017, contudo, o time conquistou seu primeiro título do Super Bowl, vencendo a edição LII sobre o favorito New England Patriots. Os Eagles possuem vários jogadores no Hall da Fama do futebol americano, como Bert Bell, Chuck Bednarik, Bob Brown, Brian Dawkins, Reggie White, Steve Van Buren, Tommy McDonald, Greasy Neale, Pete Pihos, Sonny Jurgensen e Norm Van Brocklin.[1]

O time tem uma rivalidade histórica com o New York Giants. Esta rivalidade é a mais antiga da NFC East e também uma das mais antigas e intensas da NFL em geral.[2][3] Também há uma rivalidade acirrada com o Dallas Cowboys, que passou a ganhar mais proeminência a partir dos anos 60. Os Eagles também nutrem uma rivalidade com o Washington Redskins e com o Pittsburgh Steelers, sendo que esta data desde 1933, já que os dois clubes jogam no mesmo estado, dividindo os fãs da região.[4]

Os Eagles são conhecidos por terem uma das torcidas mais fanáticas da NFL, consistentemente estando, ano após ano, entre os três times com maior média de público da NFL, vendendo todos os ingressos para os jogos em casa desde a temporada de 1999.[5][6] Em uma pesquisa feita pela Sports Illustrated com 321 jogadores da liga, os fãs dos Eagles foram escolhidos como os mais 'intimidadores' da NFL.[7]

Uniforme e logotipo[editar | editar código-fonte]

Os Eagles de uniforme verde.

Durante várias décadas, as cores do Eagles eram verde (bem claro), prata e branco. Desde 1950, os capacetes da equipe contam com asas desenhadas ao lado da saída do visor, originalmente prata num capacete verde. Em 1969 foi implementado um logo no capacete, o logo era uma águia carregando uma bola nas garras. No mesmo ano, o time contou com dois capacetes, um verde com as asas brancas e outro branco com asas verdes, esse era usado apenas em jogos em casa. De 1970 a 1973, os capacetes foram brancos com asas verdes, antes de voltar a usar capacetes verdes com asas prata. Em 1974, as asas prata ganharam um contorno branco e este estilo permaneceu por mais de duas décadas.

Em 1996 o logotipo e os uniformes foram radicalmente alterados. O verde passou a ser mais escuro, oficialmente descrito como “verde meia-noite”, o prata foi praticamente abandonado, calças e camisas passaram a ser branco ou o novo verde meia-noite e as asas foram alteradas para branco com detalhes em prata e preto. O logotipo passou a ser apenas uma cabeça de águia em estilo cartoon.

Desde as alterações de 1996, a equipe fez apenas pequenas mudanças, principalmente em relação à camisa e calça usadas em jogos específicos. Por exemplo, em 1997, contra o San Francisco 49ers, o time usou camisa e calças verdes, isso ocorreu apenas 2 vezes na história da equipe, a outra em um jogo contra o Washington Redskins, no Veterans Stadium.

Nos dois primeiros jogos da temporada de 2003 derrotas contra o Tampa Bay e contra o New England), o Eagles usou camisas e calças brancas. A combinação de camisa e calça branca é usada em pré-temporada desde 2003.

A temporada de 2003 também viu a primeira (embora sutil) mudança no uniforme desde 1996. Em ambas camisas, brancas e verdes, sombras preto e prata foram adicionadas na numeração. A listra na calça mudou de preto-verde-preto para preto-prata-verde, na calça branca. A temporada de 2003 também viu a estréia de uma camisa preta, essas camisas são utilizadas 2 vezes por temporada (geralmente no jogo após a BYE Week e no fim da temporada). No entanto, na temporada de 2007, devido ao 75º aniversário do time, foram utilizados uniformes especiais ao invés da camisa preta, pois o regulamento não permitia. Mas a camisa preta reapareceu na temporada de 2008, na noite de ação de graças, contra o Arizona Cardinals. A camisa preta foi utilizada no dia 29 de novembro de 2009, contra o Washington Redskins. No primeiro jogo da temporada regular de 2010, em casa, contra os Green Bay Packers, foi utilizado o uniforme comemorativo ao 60° aniversário do título de 1951, a camisa é verde claro, calças brancas e capacete verde com as asas pintadas em prata, como a 60 anos atrás. Nesse ano devido a esse uniforme, também não utilizaram a camisa preta.

Desde 2006, o Eagles tem utilizado a camisa preta apenas em uma jogo durante a temporada, utilizando no último jogo em casa da temporada.

Para comemorar o 75º aniversário da equipe, os uniformes de 2007 apresentavam logo com os números 75 no ombro esquerda. A camisa era amarela e azul, as mesmas cores encontradas na bandeira da cidade de Filadélfia, baseada no uniforme usado na primeira temporada do Philadelphia Eagles, além de serem as mesmas cores usadas pela franquia já falida Frankford Yellow Jackets.

O Philadelphia usa camisa branca durante a pré temporada e nos jogos da primeira metade da temporada regular, entre setembro e meados de outubro, quando a temperatura é mais quente. Nos jogos à noite durante a primeira metade da temporada regular, o Eagles não veste branco desde que temperatura esteja mais amena. Entretanto já houve exceções, como o jogo casa contra o Washington Redskins, em 2007 e contra o Tampa Bay, em 2003, que foram disputados à noite. No final de outubro, o Eagles começa a usar suas cores em casa, embora possa fazê-lo mais cedo.

Referências

  1. a b «Philadelphia Eagles (1933-Present)». The Sports E-Cyclopedia. Consultado em 5 de fevereiro de 2018 
  2. «Top 10 NFL Rivalries Of All Time: No. 4 Giants-Eagles». Sports Illustrated. 15 de dezembro de 2005. Consultado em 17 de setembro de 2017 
  3. Chadiha, Jeffri (31 de outubro de 2007). «Ranking the NFL's best rivalries: Where does Colts-Pats fit?». ESPN.com. Consultado em 5 de fevereiro de 2018 
  4. Bryan, Dave (20 de setembro de 2016). «After 8 Straight Losses, Steelers Looking For Philadelphia Freedom Sunday Against Eagles». SteelersDepot.com. Consultado em 17 de setembro de 2017 
  5. Fox, Ashley (4 de janeiro de 2014). «Fans always have Eagles' back». ESPN. Consultado em 4 de fevereiro de 2018 
  6. Clark, Kevin (2 de julho de 2012). «Game Changer: NFL Scrambles to Fill Seats». The Wall Street Journal. Consultado em 14 de setembro de 2015 
  7. Smith, Howard. «NFL Players Poll: Most Intimidating Fans». Sports Illustrated. Consultado em 14 de setembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre esporte/desporto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.