Philibert de l'Orme

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Philibert de l'Orme
Nome nativo Philibert Delorme, Philibert de l'Orme
Nascimento 1514
Lyon
Morte 8 de janeiro de 1570 (56 anos)
Paris
Cidadania Reino da França
Ocupação arquiteto, engenheiro militar
Magnum opus Castelo de Chenonceau, Castelo d'Anet
Assinatura
Signature Philibert Delorme.png

Philibert de l'Orme (Lyon, 1510 - 1570) era uma arquitecto francês, e um dos grandes mestres do Renascimento.

Filho de Jehan de l'Orme, influênciado pelo pai adquiriu a mesma actividade profissional. Foi ainda muito jovem para Itália estudar (1533 - 1536) onde foi empregado pelo Papa contemporâneo, Papa Paulo III. Quando regresso a França apadrinhado pelo Cardial du Bellay em Lyon, e foi enviado para Paris em 1540, onde começou o Château de Saint-Maur, e beneficiou das mordomias reais; em 1545 foi nomeado arquitecto de Francisco I.

Em 1548 Henrique II incumbiu-lhe a tarefa de supervisionar as obras do Château Fontainebleau, em Saint-Germain-en-Laye, entre outros edifícios reais. Porém, quando este morreu em 1559, Philibert ficou deprimido. Apesar de tudo, no reinado do sucessor, Carlos IX, foi-lhe concebido o planeamento do Palácio das Tulherias, em colaboração com Jean Brillant. Faleceu em Paris, e apesar de muitas das suas obras não teem chegado até aos nossos dias, a fama acompanha-o na eternidade.