Philipp Johann Ferdinand Schur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Philipp Johann Ferdinand Schur
Nascimento 18 de fevereiro de 1799
Kaliningrado (Reino da Prússia)
Morte 27 de maio de 1878 (79 anos)
Bielsko-Biała (Reino da Prússia)
Sepultamento Bielsko-Biała
Cidadania Alemanha
Alma mater
Ocupação botânico, farmacêutico, químico

Philipp Johann Ferdinand Schur (Königsberg, 1799Bielitz, 1878) foi um botânico que se distinguiu no estudo da flora do Sueste da Europa, especialmente da Transilvânia.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Ficou conhecido principalmente pela sua monumental obra intitulada Enumeratio plantarum Transsilvaniae, com mais de um milhar de páginas e objecto de múltiplas reedições. Também adquiriu e preparou uma enorme colecção de espécimes de herbário, presentemente nos herbários Lviv e de Oberösterreichschen.

O seu nome serviu de epónimo para os seguintes taxa:

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. in Savul. Fl. Reipubl. Popul. Roman. ix. 672, 970 1964 (IK)
  2. in Termesz. Fuzet. x. 1886 183 (IK)
  3. Fl. France [Rouy & Foucaud] 11: 231 1909 (IK)
  4. Bot. Zhurn. (Moscú & Leningrado) 69(6): 875 1984 (IK)
  5. Ann. Hist.-Nat. Mus. Natl. Hung. 60: 90 1968 (IK)
  6. Fl. Transs. 560 (IK)
  7. Ann. Nat. Hofmus. Wien. vi. 1891 343 (IK)
  8. Bot. Közlem. 34: 193, 200 1937 (IK)
  9. Jahresber. K. K. Staats-Ober-Realschule Steyr 14: 17. 1884; Eur. Art. Gatt. Potentilla (IK)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Philipp Johann Ferdinand Schur
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Philipp Johann Ferdinand Schur