Phillip Pettit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Phillip Pettit
Nascimento 1945 (77 anos)
Ballygar
Cidadania República da Irlanda
Alma mater
Ocupação filósofo, professor(a) universitário(a), cientista político
Prêmios
  • Bolsa Guggenheim (2010)
  • Prêmio Albertus-Magnus (2009)
  • Companheiro da Ordem da Austrália (For eminent service to philosophy through contributions to moral and political theory, as a distinguished academic, and as a leader of public debate on social, economic and environmental issues., Professor Philip Noel PETTIT, 2017)
  • Fellow of the Academy of the Social Sciences in Australia
  • Medalha do Centenário (2001)
Empregador Universidade de Princeton, Universidade Nacional da Austrália
Movimento estético Naturalismo Ético

Phillip Pettit (nascido em 1945) é um teórico político irlandês que está atualmente radicado nos Estados Unidos, onde leciona na Universidade de Princeton.[1]

Desenvolve proficuamente trabalhos nas mais diversas áreas como psicologia, moral e filosofia, mas tem obtido grande sucesso com suas obras sobre aspetos da participação política, controle e fiscalização do Estado e, principalmente, República, com seu "neo-republicanismo".

Em seu portal eletrônico da Universidade de Princeton torna disponíveis diversos dos seus textos.

Referências

  1. Dimova-Cookson, Maria (2012), «Republicanism, philosophy of freedom, and the history of ideas: an interview with Philip Pettit.», in: Browning, Gary; Dimova-Cookson, Maria; Prokhovnik, Raia, Dialogues with contemporary political theorists, ISBN 9780230303058, Houndsmill, Basingstoke, Hampshire New York: Palgrave Macmillan, pp. 155–169 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]