Extensão de Endereço Físico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Physical Address Extension)
Ir para: navegação, pesquisa

Em computação, Extensão de Endereço Físico, em inglês Physical Address Extension (PAE),[1][2] algumas vezes também chamado de Extensão de Endereço de Página, é um recurso de gerenciamento de memória para a arquitetura IA-32. A PAE foi primeiramente introduzida no Pentium Pro[1] em 1995 e foi aprimorado pela AMD para adicionar um nível na hierarquia de tabelas de páginas. Ela define uma hierarquia de tabela de páginas de três níveis, com entradas de tabela de 64 bits cada em vez de 32, permitindo que as UCPs acessem um espaço de endereços físicos maior que 4 gigabytes (232 bytes).

A estrutura de tabela de página usada pelas UCPs x86-64 quando operam no modo 64 bits estendem ainda mais a hierarquia de tabela de páginas para quatro níveis, estendendo o espaço de endereços virtuais e usa bits de endereço físico adicionais em todos os níveis da tabela de páginas, estendendo o espaço de endereços físicos. Ele também usa o bit mais significante da entrada da tabela de páginas de 64 bits como um bit NX.

PAE é fornecido nos processadores Pentium Pro da Intel e seus sucessores, bem como em processadores AMD.

Suporte dos sistemas operacionais[editar | editar código-fonte]

Para utilizar esta funcionalidade é necessário tanto o suporte do sistema operacional quanto da CPU. O kernel Linux inclui suporte completo ao PAE desde a versão 2.3.23[3], permitindo acesso a até 64 gigabytes de memória em computadores de 32 bits. Várias distribuições Linux passaram a utilizar o kernel com o suporte ao PAE ativado porque ele provê a funcionalidade do bit NX[4]. Windows também possui suporte, porém as versões desktop de 32 bits estão limitadas a 4 gigabytes de memória por questões de licenciamento[5].

Referências

  1. a b «Visão geral sobre extensão de endereço físico». Microsoft Technet. Consultado em 1 de abril de 2011.  Ligação externa em |publicado= (Ajuda)
  2. «Capítulo 39. Atualizando (upgrade) o kernel». Consultado em 1 de abril de 2011. 
  3. Ingo Molnar (20 de outubro de 1999). «2.3.23-pre4 x86 64GB RAM changes [HIGHMEM patch] explained a bit». Consultado em 1 de abril de 2011.  Parâmetro desconhecido |lang2= ignorado (|lingua=) (Ajuda)
  4. Linus Torvalds (9 de junho de 2009). «1% performance overhead of paravirt_ops on native kernels». Consultado em 1 de abril de 2011.  Parâmetro desconhecido |lang2= ignorado (|lingua=) (Ajuda)
  5. «Licensed Memory in 32-Bit Windows Vista». Consultado em 1 de abril de 2011.  Parâmetro desconhecido |lang2= ignorado (|lingua=) (Ajuda)


Ícone de esboço Este artigo sobre computação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.