Pieter Coecke van Aelst

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pieter Coecke van Aelst
Nascimento 14 de agosto de 1502
Aalst
Morte 6 de dezembro de 1550 (48 anos)
Bruxelas
Cidadania Países Baixos do Sul, Bélgica
Cônjuge Mayken Verhulst
Filho(s) Pauwels Coecke van Aelst
Ocupação pintor, arquiteto, tradutor

Pieter Coecke van Aelst (Aalst, 1502Bruxelas, 1556) foi um grande pintor, arquitecto, escultor, gravurista e escritor quinhentista flamengo.

Aluno de Bernard van Orley, incorporou o restrito grupo de artista de Antuérpia desde 1527.

Viajou para Roma, onde se tornou bastante conhecido, e, em 1533, para Constantinopla como forma de expandir a sua arte. Porém não o conseguiu. Contudo, esta foi uma fase extremamente produtiva para o pintor e os desenhos que fez na na capital do Império Otomano, que na altura não tiveram grande sucesso, foram posteriormente publicados em algumas revistas, sob o tema "trajes e costumes turcos".

A sua fama espalhou-se por toda a Europa central e, muitas das suas obras, incorporaram algumas das colecções reais da sua época.

Entre as suas obras mais conhecidas pode encontrar-se a Santíssima Trindade, exposta actualmente no Museu do Prado, em Madrid.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Última ceia
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Pieter Coecke van Aelst