Pietro Ingrao

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pietro Ingrao
Nome nativo Pietro Ingrao
Nascimento 30 de março de 1915
Lenola
Morte 27 de setembro de 2015 (100 anos)
Roma
Cidadania Itália
Cônjuge Laura Lombardo Radice
Ocupação político, jornalista, funcionário público, escritor
Prêmios Cavaleiro Grã-Cruz da Ordem do Mérito da República Italiana

Pietro Ingrao (Lenola, 30 de março de 1915Roma, 27 de setembro de 2015) foi um jornalista e político italiano. Foi por muitos anos dirigente do Partido Comunista Italiano e presidente da Câmara dos deputados da Itália entre os anos de 1976 e 1979.

Obras[editar | editar código-fonte]

Em italiano

  • Ingrao P., "Volevo la luna", Einaudi, Torino, 2006;
  • Ingrao P.,"Una lettera di Pietro Ingrao. Con una risposta di Goffredo Bettini", Cadmo, Fiesole, 2005;
  • Ingrao P., "La guerra sospesa. I nuovi connubi tra politica e armi", Dedalo, Bari 2003;
  • Ingrao P., Zanotelli A., "Non ci sto! Appunti per un mondo migliore", Manni, 2003;
  • Ingrao P., Fortini F., Olivetti A., "Conversazione su «Il dubbio dei vincitori»", Cadmo, Fiesole, 2002;
  • Ingrao P., "Variazioni serali", Il Saggiatore, 2000;
  • Ingrao P., Rossanda R., "Appuntamenti di fine secolo", Manifestolibri, Roma, 1995;
  • Ingrao P., "Interventi sul campo", CUEN, 1990;
  • Ingrao P., "Il dubbio dei vincitori", Mondadori, Milano, 1986;
  • Ingrao P., Aragona C., Brunetti M., "Parlamento, regioni, Mezzogiorno", Gangemi, 1982;
  • Ingrao P., "Crisi e terza età. Intervista di Romano Ledda", Editori Riuniti, 1978;
  • Ingrao P., "Masse e potere", Editori Riuniti, 1977;
  • Ingrao P., "L'alta febbre del fare", Mondadori, Milano,

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.