Pikmin 3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pikmin 3
Arte da capa norte-americana.
Desenvolvedora Nintendo
Publicadora(s) Nintendo EAD Group No. 4
Diretor Shigefumi Hino
Yuki Kando
Produtor Hiroyuki Kimura
Designer Keisuke Nishimori
Atsushi Miyagi
Takafumi Kiuchi
Takuro Shimizu
Escritor(es) Kunio Watanabe
Makoto Wada
Compositor(es) Asuka Hayazaki
Atsuko Asashi
Hajime Wakai
Plataforma(s) Wii U
Série Pikmin
Data(s) de lançamento
  • JP 13 de julho de 2013[1]
  • AN 4 de agosto de 2013[2]
  • EU 26 de julho de 2013[3]
Gênero(s) Estratégia em tempo real
Modos de jogo Um jogador, multijogador
Classificação Permitido para todas as idades i CERO (Japão)
Permitido para todas as idades i DEJUS (Brasil)[4]
Inadequado para menores de 10 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 7 anos i PEGI (Europa)
Último
Último
Pikmin 2
Próximo
Próximo

Pikmin 3 (ピクミン3, Pikumin Surī?) é um jogo eletrônico de estratégia em tempo real desenvolvido pela Nintendo EAD 4 e publicado pela Nintendo para o Wii U em 13 e 26 de julho de 2013 no Japão e na Europa, respectivamente e em agosto do mesmo ano na América do Norte.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Enquanto os Pikmin vermelho, amarelo e azul retornam dos jogos anteriores da série Pikmin, Pikmin 3 introduz dois novos tipos de Pikmin: Pikmin rocha, que é usado esmagar através de barreiras mais resistentes e vidro, e o Pikmin rosa alado que pode atacar inimigos em voo e carregar itens através do ar.[5]

O jogo apresenta um modo multijogador competitivo para dois jogadores em telas separadas, num modo chamado "Bingo Battle" na qual cada jogador tem uma grade 4 por 4 de itens a serem coletados, na forma de uma cartela de bingo. O objetivo é conseguir quatro itens em uma linha em seu tabuleiro, primeiro.[6]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Shigeru Miyamoto deu a primeira pista sobre a possibilidade de uma jogo Pikmin em julho de 2007, em uma entrevista com a IGN, dizendo "Eu certamente não acho que nós vimos o último Pikmin. Eu definitivamente gostaria de fazer alguma coisa com a série, e eu acho que a interface do Wii em particular é bastante adequada para a franquia."[7] Uma entrevista posterior do CNET.com em abril de 2008 noticiou que "Por agora, Miyamoto pensa em outros projetos para o Wii, mencionando seu desejo de continuar a série Pikmin."[8]

Um novo jogo Pikmin foi eventualmente confirmado na E3 2008 durante uma mesa-redonda com os desenvolvedores da Nintendo, na qual Miyamoto declarou que seu time estava trabalhando numa nova entrada para a séire.[9] [10] Entretanto, detalhes sobre a jogabilidade e o desenvolvimento não foram mencionados.[11] Durante uma entrevista coletiva de Miyamoto na E3 2011, Miyamoto afirmou que o desenvolvimento de Pikmin 3 foi movido para o Wii U, o console sucessor do Wii.[12]

Em 5 de junho de 2012, Pikmin 3 foi exibido na conferência de imprensa da Nintendo's na E3 do mesmo ano. Foi demonstrado alguns dos novos aspectos de jogabilidade, incluindo o Pikmin rocha e o uso do GamePad.[13]

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Críticas e Prêmios
Resenha crítica
Publicação Nota
Game Informer 9.00[14]
GameSpot 8.0[15]
IGN 8.8[16]
Famitsu 37/40 (9/9/9/10)[17]
Joystiq 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[18]
Destructoid 9.5 /10[19]
Eurogamer.pt 9 / 10[20]
Pontuação global
Publicação Nota média
Metacritic 88 de 100[21]
GameRankings 87.63%[22]

Pikmin 3 foi o jogo mais vendido da semana no Japão durante sua semana de lançamento, vendendo por volta de 92.000 cópias em dois dias. [23]

Referências

  1. Danny Bivens (18 de julho de 2013). Pikmin 3 Sells 93,000 Units in One Day in Japan (em Inglês). Nintendo World Report. Página visitada em 1 de agosto de 2013. "Pikmin 3 launched in Japan on July 13 and jumped to the top spot in the software charts after just 24 hours. [Pikmin 3 foi lançado no Japão em 13 de julho e logo pulou para o topo da tabela de software depois de apenas 24 horas.]"
  2. Tom Malina (17 de abril de 2013). Pikmin 3 Out in August, New Pikmin Species Shown (em Inglês). Nintendo World Report. Página visitada em 1 de agosto de 2013. "Pikmin 3 will be released on August 4 in North America and August 11 in Japan, as announced in the latest Nintendo Direct presentation. [Pikmin 3 será lançando em 4 de agosto na América do Norte e 11 de agosto no Japão, como anunciado na última apresentação do Nintendo Direct.]"
  3. Get the latest on upcoming and future titles with Nintendo Direct @E3! (em Inglês). Nintendo.com.uk (11 de junho de 2013). Página visitada em 1 de agosto de 2013. "The game launches 26th July. [O jogo será lançado em 26 de julho]"
  4. (15 de julho de 2013) "Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação". Diário Oficial da União (Ano CL Nº134): p. 145. ISSN 1677-7042. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  5. Lucas M. Thomas (5 de junho de 2012). E3 2012: Flying Pink Pikmin Join Pikmin 3 (em Inglês). IGN. Arquivado do original em 13 de abril de 2013. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  6. Zach Walton (14 de junho de 2013). There Can Be Only One In This Pikmin 3 Multiplayer Battle (em Inglês). WebProNews. Arquivado do original em 25 de junho de 2013. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  7. Matt Casamassina (12 de julho de 2007). E3 2007: Miyamoto: We Haven't Seen the Last of Pikmin (em Inglês). IGN. Arquivado do original em 6 de novembro de 2012. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  8. Jeff Bakalar (18 de abril de 2008). Up close with Shigeru Miyamoto and 'Wii Fit' (em Inglês). Cnet.com. Arquivado do original em 22 de setembro de 2012. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  9. Kyle Orland (16 de julho de 2008). Liveblog from Nintendo's 2008 E3 Developer Roundtable (em Inglês). Joystiq. Arquivado do original em 24 de julho de 2013. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  10. Brendan Sinclair (16 de julho de 2008). E3 2008: Miyamoto conducts Wii Music, confirms Pikmin (em Inglês). GameSpot. Arquivado do original em 9 de novembro de 2012. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  11. Bozon (16 de julho de 2013). E3 2008: Miyamoto Confirms Pikmin (em Inglês). IGN. Arquivado do original em 13 de abril de 2013. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  12. Neal Ronaghan (7 de junho de 2011). Pikmin Coming to Wii U (em Inglês). Nintendo World Report. Arquivado do original em 8 de maio de 2013. Página visitada em 1 de agosto de 2013. "Pikmin is coming to Wii U, said Shigeru Miyamoto at the E3 2011 developer presentation. [Pikmin está vindo para o Wii U, disse Shigeru Miyamoto na apresentação dos desenvolvedores da E3 2011.]"
  13. Riley Little. New Flying Pink Pikmin Spotted in ‘Pikmin 3′ (em Inglês). Game Rant. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  14. Jeff Cork (1 de agosto de 2013). Pikmin 3 - A Little Help From My Friends (em Inglês). Game Informer. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  15. Tom Mc Shea (1 de agosto de 2013). Pikmin 3 Review (em Inglês). GameSpot. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  16. Keza MacDonald (22 de julho de 2013). Pik of the Litter. (em Inglês). IGN. Arquivado do original em 25 de julho de 2013. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  17. Brian (9 de julho de 2013). Pikmin 3 gets first score in Famitsu (em Inglês). Nintendo Everything. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  18. Sinan Kubba (31 de julho de 2013). Pikmin 3 review: To boldly go (em Inglês). Joystiq. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  19. Jonathan Holmes (1 de agosto de 2013). Review: Pikmin 3: Not a minuscule pick (em Inglês). Destructoid. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  20. Vítor Alexandre (22 de Julho de 2013). Pikmin 3 - Análise: Delicada forma de vida.. Eurogamer.pt. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  21. Pikmin 3 for Wii U Reviews - Metacritic (em Inglês). Metacritic. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  22. Pikmin 3 for Wii U - GameRankings (em Inglês). GameRankings. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  23. Ishaan (17 de julho de 2013). This Week In Sales: Pikmin 3 And Luigi Lift Wii U Sales (em Inglês). Siliconera. Página visitada em 1 de agosto de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]