Pilha de Clark

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde março de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Clark cell (1897)

Pilha de Clark , é uma pilha inventada pelo engenheiro inglês Josiah Latimer Clark em 1873. É uma pilha molhada que produz energia de forma constante e estável. Em 1893, a corrente de saída da Pilha Clark era de 15 C e foi padronizada pelo International Electrical Congress como 1,434 volts, e este padrão tornou-se lei nos Estados Unidos em 1894. Este padrão foi seguido posteriormente pela Pilha de Weston [1]

Química[editar | editar código-fonte]

Pilha Clark usa zinco, ou zinco amálgama como ânodo e uma solução de mercúrio como cátodo saturada em uma solução aquosa de sulfato de zinco, com uma pasta de sulfato de mercúrio como despolarizador.

Características[editar | editar código-fonte]

A célula 1,4328 volts a uma temperatura de 15°C (288 K). Em 1905, as células Clark foram substituídas por um padrão de pilha mais tolerante a temperatura, a Pilha de Weston. [1]

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Electricity Prático por WE Ayrton e T. Mather, publicado pela Cassell and Company, Londres, 1911, pp 198-203

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.