Pilotless Aircraft Research Division

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pilotless Aircraft Research Division
(PARD)
Fundação 1945 (73 anos)
Estado legal  Estados Unidos
Propósito Pesquisa de voos não tripulados em alta velocidade
Sede Wallops Island, Virginia
Línguas oficiais Inglês

PARD, sigla para Pilotless Aircraft Research Division, (em português Divisão de Pesquisa sobre Aviões Não Tripulados), foi uma divisão da NACA, criada ao final da Segunda Guerra Mundial.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O Centro de pesquisas de Langley, criado pela NACA em 1917, conhecido na época por Langley Memorial Aeronautical Laboratory, assim batizado, em homenagem ao Dr. Samuel P. Langley, foi o primeiro centro de pesquisa aeronáutica civil Norte americano, dedicado ao desenvolvimento da ciência do voo. Localizado em Langley, na Virgínia. Praticamente todos os aspectos do voo foram estudados lá.[1]

A divisão PARD, foi criada pela NACA ao final da Segunda Guerra Mundial, por solicitação dos militares. Apesar de pouco conhecida, foi essa divisão de pesquisa que concebeu e executou os primeiros experimentos com foguetes de sondagem e, claro, com aviões não tripulados nos Estados Unidos.[1]

Mais especificamente, em 1945, o Dr. Robert R. Gilruth recebeu a incumbência de organizar um grupo de pesquisa e construir as facilidades necessárias para conduzir experimentos de voo livre com modelos impulsionados por foguetes para investigar o voo em velocidades transônicas e supersônicas. Foi esta atividade que resultou no desenvolvimento da PARD, que mais tarde evoluiu para o Wallops Island launching site da NASA.[2]

Para implementar esta divisão, o Langley Research Center adquiriu uma base naval fora de uso em Wallops Island, Virginia, e lá alocou o PARD. Em seguida, uma estação de pesquisa de voos em alta velocidade foi estabelecida em Muroc (mais tarde Edwards), California, para uma desenvolver uma série de aviões de pesquisa especiais.[3]

Vista aérea de Wallops Island em 1961.

Em 27 de Junho de 1945, ocorreu o primeiro lançamento de foguete conduzido pela PARD na área de Wallop's Island da NACA.[4]

Lançamento do primeiro foguete em Wallops Island em 1945.

Na descrição de Joseph Shortal sobre este lançamento, a se destacar:[4]

Depois que o Presidente Eisenhower delegou à NASA a responsabilidade sobre o programa espacial tripulado Americano em 1958, o primeiro administrador da NASA, Keith Glennan, delegou a responsabilidade executiva do projeto ao diretor assistente de Langley, Robert Gilruth. Gilruth solicitou então ao pequeno grupo de projetistas e engenheiros do PARD para acelerar seus estudos sobre espaçonaves de formado balístico.[1]

Em Julho de 1958, com a criação da NASA, a PARD, juntamente com o Langley Research Center, e outros campos de lançamento e centros de pesquisa, foram absorvidos por ela. Naquela época, a PARD tornou-se um centro separado, conhecido como: Wallops Station.

Em Novembro de 1958, Gilruth reuniu boa parte dos recursos da antiga PARD para formar o Space Task Group (STG), com o objetivo de gerenciar o Projeto Mercury, a primeira fase do projeto espacial tripulado da NASA.[1]

O grupo Mercury Seven posa com um modelo do foguete lançador Atlas, em 12 de Julho de 1962.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Pilotless Aircraft Research Division