Ping da morte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O ping da morte (ping of death, em inglês) é um ataque que envolve o envio de um grande pacote de ping para uma máquina destino.[1][2] Consiste em solicitações ping com um tamanho de pacote muito elevado e numa frequência também alta (milhares de vezes por segundo).[3]

O ping da morte é um ataque de estouro de buffer em que o emissor envia um "ping" (literalmente, um pedido de eco ICMP) com uma grande sobrecarga no sistema destino. Um ping é geralmente 64 bytes de comprimento, enquanto que um ping de da morte é tão grande quando o máximo permitido que é 65,535 bytes. O alvo é frequentemente incapaz de processar o pacote adequadamente, resultando em um estouro de buffer causando o mau funcionamento do sistema TCP/IP. É também um ataque DDoS porque impede o acesso ao sistema pelos usuários.[4]

Referências

  1. Eric Cole (2002). Hackers Beware. Sams Publishing. p. 183. ISBN 978-0-7357-1009-2.
  2. John E. Canavan (2001). Fundamentals of Network Security. Artech House. p. 39. ISBN 978-1-58053-176-4.
  3. David Groth; Toby Skandier (2006). Network+ Study Guide: Exam N10-003. John Wiley & Sons. p. 345. ISBN 978-0-7821-5078-0.
  4. Peter Gregory (2014). CISSP Guide to Security Essentials. Cengage Learning. p. 100. ISBN 978-1-305-84047-8.