Pinguim-de-barbicha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade. Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma caixa taxonómicaPinguim-de-face-manchada
Chinstrap Penguin.jpg

Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Sphenisciformes
Família: Spheniscidae
Género: Pygoscelis
Espécie: P. antarcticus
Nome binomial
Pygoscelis antarcticus
Forster, 1781

O pinguim-de-face-manchada (Pygoscelis antarcticus) é uma espécie de pinguim que pode ser encontrada na Antártida e ilhas adjacentes. A maior colónia conhecida fica na ilha de Zavadovski, no oceano glacial antártico. Apesar desta ilha se localizar nas águas tempestuosas e além de ser uma ilha vulcânica, as águas que a rodeiam são ricas e estes pinguins aproveitam-na. As crias nascem em janeiro, pois o calor do vulcão derrete a neve no início do ano.

Estes pinguins podem crescer até aos 70 cm de comprimento e têm uma alimentação baseada em krill e pequenos peixes. Tem garras pequenas que os ajudam a aderir à lava, quando voltem da pesca.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.