Pinscher

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Pinscher (desambiguação).
Pinscher alemão standard e Pinscher miniatura, duas das raças mais populares do grupo dos Pinschers. Gravura feita por volta de 1888.

Pinscher é uma categoria de cães originalmente desenvolvidos como caçadores de ratos em fazendas da Alemanha e para rinha ou guarda, embora hoje são mais frequentemente mantidos como animais de estimação. A categoria engloba cerca de cinco ou mais raças de cães.

Origem[editar | editar código-fonte]

Considera-se que o Pinscher alemão standard é um protótipo dos Pinschers e uma das mais antigas raças alemãs, mais estreitamente relacionado com o Schnauzer (outrora conhecido como Pinscher de pêlo duro) do que com Dobermann e outras raças do grupo.[1] Desde meados do século 19, criadores pararam de reproduzir esse tipo de pelagem, e com a formação do Clube Alemão de Pinscher-Schnauzer (PSK) em 1895, foram desenvolvidas distintas variedades.[2]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Existem várias teorias sobre a etimologia da palavra Pinscher; que deriva do francês "pincer", que significa "agarrar" e "apertar", ou "para morder" e "para segurar", que são, possivelmente relacionados com a sua função de captura de pragas em fazendas,[3] que deriva do inglês "pinch", referindo-se às suas orelhas cortadas,[4] tipo de cão "fox terrier" (considerando que isto era um termo descritivo sobre método de trabalho do cão "settler" ou "terrier", e não pelo seu parentesco),[5] ou mordedor,[6] embora o verbo "pinch" tem a mesma derivação do pinchier em francês antigo setentrional do início do século 13, o que, por si, possivelmente, origina-se do latim vulgar.[7]

Raças[editar | editar código-fonte]

A Federação Cinológica Internacional (FCI) reconhece as seguintes raças pinscher no Grupo 2, Secção 1: Pinschers e Schnauzers, Seção 1.1 Pinscher:[8]

Reconhecimentos provisórios:

Pode haver outros cães de caça aparentados chamados de pinscher que não são raças reconhecidas. Além disso, criadores particulares, muitas vezes, tentam criar novas raças que podem chamar de pinscher. Um exemplo é o Carlin Pinscher, que foi desenvolvido pela cruza entre o Pug e Pinscher miniatura; ou outras raças semelhantes. Há quase um número infinito de clubes esportivos, clubes de raça, e registros de raça com base na internet e as empresas em que os cães podem ser registrados em qualquer que seja o nome desejado pelo proprietário ou vendedor.[10]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.