Piquet Carneiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Piquet Carneiro
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 12 de julho
Fundação 12 de julho de 1957 (61 anos)
Gentílico piqueense / piquet-carneirense
CEP 63605-000
Prefeito(a) Bismarck Barros Bezerra (PDT[1])
Localização
Localização de Piquet Carneiro
Localização de Piquet Carneiro no Ceará
Piquet Carneiro está localizado em: Brasil
Piquet Carneiro
Localização de Piquet Carneiro no Brasil
05° 48' 14" S 39° 25' 04" O05° 48' 14" S 39° 25' 04" O
Unidade federativa Ceará
Mesorregião Sertões Cearenses IBGE/2008 [2]
Microrregião Sertão de Senador Pompeu IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Norte - Senador Pompeu; Leste - Dep. Irapuan Pinheiro; Sul - Acopiara; Oeste - Mombaça.
Distância até a capital 332 km
Características geográficas
Área 587,887 km² [3]
População 15 501 hab. IBGE/2010[4]
Densidade 26,37 hab./km²
Altitude 251 m
Clima Semiárido BSh
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,622 médio PNUD/2000 [5]
PIB R$ 47 216,695 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 3 056,29 IBGE/2008[6]

Piquet Carneiro é um município brasileiro do estado do Ceará. Sua população estimada em 2010 (dados do IBGE) era de 15.454 habitantes.

O nome do município é uma homenagem ao engenheiro Bernardo Piquet Carneiro (bisavô do piloto Nelson Piquet).

História[editar | editar código-fonte]

A antiga povoação de Jirau recebeu a categoria de distrito, anexo ao município de Senador Pompeu, assim se conservou até ser elevado a município.

Primitivamente o povoado teve o nome de Jirau, palavra do tupi, corruptela de Jirab - o que é para colher a comida; espécie de estiva ou leito de varas elevado do solo sobre forquilhas e destinado a guardar louças, panelas, pratos e etc.

A denominação Piquet Carneiro foi adotada em honra ao Engenheiro Bernardo Piquet Carneiro, que dirigiu a Rede de Viação Cearense e chefiou a comissão encarregada de concluir o Açude do Cedro, em Quixadá, além de outros açudes públicos no Ceará.

Foi ele o autor do projeto do Açude Acarape do Meio, que abastece a capital cearense. Em 1955, outro ilustre personagem ajudou a contar a história deste município.Trata-se do Pe. Alberto de Oliveira, que assumiu a paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Nomeado pelo então arcebispo de Fortaleza Dom Antônio Almeida Lustosa. Entre muitos de seus feitos, concluiu os trabalhos de reforma e ampliação da matriz, com as construções, respectivamente, da torre, em 1956, e do altar-mor, solenemente consagrado em 27 de outubro de 1957. A aquisição de um relógio para a torre da igreja é outra realização de seu pastoral governo.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Piquet Carneiro tem inúmeras festas culturais e eventos.

Como:

Festa junina (com as apresentações de quadrilhas da região) (Junho)

Festa do município (Julho)

Festa do Padroeiro (Sagrado Coração de Jesus)

Rainha do município (julho)

Festa de Rodeio

Festa dos Caretas de Catolé da Pista (Sábado de Aleluia da Semana Santa)

Piquet Fashion Night (PFN)

Festa dos Caretas de Ibicuã (Sabado de aleluia).

Filhos e Amigos de Ibicuã (FAI).

Divisão política[editar | editar código-fonte]

A cidade de Piquet Carneiro está dividido em quatro regiões: Sede, Ibicuã, Catolé da Pista e Mulungu.

Sendos os três últimos distritos.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Prefeitos eleitos no Ceará»  Página visitada em 05/01/2013.
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.