Piraputanga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Como ler uma infocaixa de taxonomiaPiraputanga
Piraputanga

Piraputanga
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Characiformes
Família: Characidae
Género: Brycon
Espécie: B. hilarii
Nome binomial
Brycon hilarii
(Valenciennes, 1850)
Sinónimos
Chalceus hilarii
Brycon microlepis
Brycon melanoxanthus
Salmo paraputanga

Piraputanga (Brycon hilarii = Brycon microlepsis) é um peixe da família Characidae.[1][2]

Vive em cardumes e se alimenta principalmente de matéria vegetal (frutos, flores e sementes) e, mais raramente, de pequenos animais (crustáceos, peixes e insetos). Muito encontrado na cidade de Bonito em Mato Grosso do Sul, Brasil, e outros rios da bacia do rio Paraguai.

No Mato Grosso, onde é popularmente chamada de pêra, a Piraputanga é muito apreciada na culinária pois sua carne é saborosa e, quando cozida possui uma coloração avermelhada, o que faz algumas pessoas acreditarem que durante o preparo o extrato de tomate foi utilizado como tempero.

A “piraputanga” é peixe de pesca difícil, e criação ainda impossível, ameaçado de extinção pelos muitos fatores de degradação dos rios limpíssimos que habitam, especialmente agricultura predatória, pecuária química, desmatamento, poluição e mineração.

Essa espécie não é recurso alimentar significativo para o homem, mas indicador precioso do estado de conservação dos cursos-d’água da bacia do Rio Paraguai.

Referências

  1. Brycon hilarii (Valenciennes, 1850); FishBase. Acessado em 23 de março de 2017.
  2. Detalles de la especie: Brycon hilarii (Valenciennes, 1850). Roskov Y., Abucay L., Orrell T., Nicolson D., Bailly N., Kirk P.M., Bourgoin T., DeWalt R.E., Decock W., De Wever A., Nieukerken E. van, Zarucchi J., Penev L., eds. (2017). Species 2000 & ITIS Catalogue of Life, acessado 2017 em 23 de março de 2017.
Ícone de esboço Este artigo sobre peixes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.