Pirulito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pirulitos.
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Categoria no Commons

O pirulito (português brasileiro) ou chupa-chupa (português europeu) é uma espécie de bala (português brasileiro) ou rebuçado (português europeu), criada pelos norte-americanos[1] , na qual é apresentada em variadas formas [᠋esfera, espiralada, cônica etc., cores e sabores, posicionadas num palito de madeira ou plástico.

História[editar | editar código-fonte]

A ideia de um doce comestível em uma vara é muito simples, e é provável que o pirulito foi inventado e reinventado várias vezes.[2] A história dos primeiros pirulitos na América parece ter sido distorcida ao longo do tempo. Existe alguma especulação que pirulitos foram inventados durante a Guerra Civil Americana (1861-1865). Outros acreditam que alguma versão do pirulito tem sido em torno desde o início dos anos 1800. George Smith afirmou ser o primeiro a inventar o moderno pirulito, em 1908, e registrou o nome lollipop em 1931.[3] Ele usou a idéia de colocar doces em uma vara para torná-lo mais fácil de comer e teria chamado os deleites após uma popular corrida de cavalos, Lolly Pop. O termo pode ter derivado do termo "lolly" (língua) e "pop" (tapa). As primeiras referências ao lollipop, em sua data de contexto moderno, dá-se à década de 1920.[4] Em alternativa, pode ser uma palavra de origem cigana estando relacionado com a tradição dos Roms de vender maçãs em uma vara. A maçã vermelha, na língua romani, é loli phaba.[5]

O termo 'pirulito' foi gravado pelo lexicógrafo inglês Francis Grose, em 1796.[6]

Tipos[editar | editar código-fonte]

Pirulitos estão disponíveis num certo número de cores e sabores, sabores de frutas em particular. Com inúmeras empresas produtoras de pirulitos, o doce agora vem em dezenas de sabores e diversas formas. Eles vão desde pequenos que podem ser comprados e muitas vezes são dados de graça em bancos, cabeleireiro e outros locais, como forma de gentileza. Alguns são feitos de bastões de doces torcidos em um círculo.

A maioria dos pirulitos são consumidos à temperatura ambiente, mas "pirulitos de gelo" ou "gelados" são pirulitos congelados à base de água. Confecções similares em uma vara feita de sorvete, muitas vezes com um revestimento com sabor, geralmente não são chamados por esse nome.

Alguns pirulitos contêm recheios, tais como chiclete ou doce suave. Alguns pirulitos tem itens mais incomuns, além de serem fabricados nas mais diversas formas, como no formato de larva, bicho-da-farinha e outros.[7]

Nos países nórdicos, na Alemanha e nos Países Baixos, alguns pirulitos são aromatizados com Salmiakki.

Uso medicinal[editar | editar código-fonte]

Pirulitos podem ser utilizados para transportarem medicamentos.

Alguns pirulitos foram comercializados para utilização como auxiliares de dieta, embora sua eficácia não foi testada, e casos esporádicos de perda de peso podem ser devido ao poder da sugestão.[8] pirulitos com sabor contendo medicamentos destinam-se a dar às crianças como um medicamento sem espalhafato.

Referências

  1. (em inglês) How products are made - Vol. 6 - Lollipop. Visitado em 24 de agosto de 2011.
  2. The History of Lollipop candy CandyFavorites.com. Visitado em 2013-12-27.
  3. Lollipops and Candy Suckers – Retro Candy from CandyCrate.com. Visitado em 2013-12-27.
  4. Harper, Douglas. lollipop Online Etymology Dictionary. Visitado em 17 January 2012.
  5. What is the Romani Language?. [S.l.]: Books.google.com. Página visitada em 2013-12-27.
  6. Oxford English Dictionary, Second Edition, 1933.
  7. Fromme, Alison (July–August 2005). Edible insects Smithsonian National Zoological Park. Visitado em 2007-03-24.
  8. St. James, Janet (February 8, 2007). Lollipop Diet helps woman shed pounds WFAA News (Dallas/Fort Worth, Texas). Visitado em 2007-03-24. [ligação inativa]
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.