Pixiu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Funerary Sculpture of a Chimera (Bixie) LACMA AC1997.1.1.jpg

Pixiu (chinês: 貔貅, pinyin: pí xiū), originalmente Bi Xie (辟邪 que evita maus espíritos) é uma criatura híbrida da mitologia chinesa. É considerado um poderoso protetor dos praticantes de Feng Shui. Recorda um leão alado e forte. Pixiu é uma variação anfíbia, particularmente uma criatura influente e auspiciosa para a riqueza. Dizem que seu apetite é voraz, devorando plantas e joias. Por tanto, tradicionalmente para os chineses, Pixiu sempre é considerado uma criatura auspiciosa e que possui poderes místicos capaz de atrair Cai Qi (財氣 riqueza) de todas as direções. Devido a isto, de acordo com o zodíaco chinês, é especialmente útil para aqueles que temem o mal a cada ano.[1][2]

Arquitetura chinesa[editar | editar código-fonte]

Na China, por muitos séculos, foi usada a figura de Pixiu tanto para fatores religiosos, como afastar os maus espíritos dos templos e palácios, quanto para fatores decorativos. Pixiu já se tornou uma figura famosa por estar presente em vários templos e palácios, alguns são as construções mais belas da China.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Bates, Roy (2008). «Chapter 7». 29 Chinese Mysteries. Beijing, China: TuDragon Books Ltd. 49 páginas 
  2. «Tianlu and Bixie». www.cultural-china.com/. Arquivado do original em 12 de abril de 2017 
  3. Li, Jinn (2015). Pi Xiu Celestial Coming with Fortune. [S.l.]: Estalontech (PublishDrive). ISBN 9789634280958 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Pixiu
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.