Planetas na astrologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde outubro de 2011).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde outubro de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Os dez planetas regentes (na astrologia, são contados o Sol, que é estrela, e a Lua que satélite) representam características ou tendências comuns a todas as pessoas. O signo da qual o planeta ocupa no nascimento, sua posição e seus aspectos que faz enriquecem a expressão de suas energias. Os gregos os viam como representações de deuses, e os romanos deram aos cinco planetas até então conecidos os nomes que até hoje têm: Mercúrio, Vênus , Marte, Júpiter e Saturno.