Planta avascular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Recorte de musgo, planta avascular, mostra tanto os gametófitos (embaixo, formas semelhantes a folhas) como os esporófitos (em cima, em forma de aste).

Plantas avasculares (também plantas não vasculares ou atraqueófitos) são vegetais que não apresentam estruturas de vasos de transporte, nomeadamente xilemas e floemas.[1] Tais plantas, por apresentarem menos material estrutural, decompõem-se mais rapidamente que as vasculares.[2] São exemplos de vegetais avasculares os musgos, as algas e as briófitas.[3]

Referências

  1. Mário Guimarães Ferri (1984). Botânica: morfologia interna das plantas: anatomia NBL Editora [S.l.] p. 113. ISBN 9788521300991. 
  2. Weathers, Kathleen; Likens, Gene; e Strayer, David (2015). Fundamentos de Ciência dos Ecossistemas Elsevier Brasil [S.l.] p. 336. ISBN 9788535280517. 
  3. Eurico Cabral de Oliveira (1996). Introdução à Biologia Vegetal vol. 07 EdUSP [S.l.] p. 224. ISBN 9788531403491. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Botânica é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.