Saltar para o conteúdo

Plants vs. Zombies

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Plants vs. Zombies
Plants vs. Zombies
Capa americana do jogo
Desenvolvedora(s) PopCap Games
Publicadora(s) Eletronic Arts
Distribuidora(s) PopCap Games
Plataforma(s) Android
BlackBerry PlayBook OS
iOS
Mac OS X
Navegador
Nintendo DS
Nintendo DSi (DSiWare)
PlayStation 3 (PSN)
PlayStation Vita (PSN)
Windows
Windows Phone
Xbox 360 (XBLA)
Zeebo
Lançamento PC/macOS
  • AN 5 de maio de 2009
iOS
  • AN 15 de fevereiro de 2010
Xbox Live Arcade
  • AN 8 de setembro de 2010
Nintendo DS
  • AN 18 de janeiro de 2011
PlayStation Network
  • AN 8 de fevereiro de 2011
DSiWare
  • AN 14 de março de 2011
  • PAL 6 de maio de 2011
Android
  • AN 31 de maio de 2011
Windows Phone 7
  • AN 22 de junho de 2011
Gênero(s) tower defense, estratégia
Modos de jogo Um jogador, multijogador
Plants vs. Zombies 2: It's About Time

Plants vs. Zombies é um jogo eletrônico de tower defense e estratégia desenvolvido e originalmente publicado pela PopCap Games para Windows e OS X em 5 de maio de 2009. Desde então, foi portado para consoles, portáteis, e dispositivos móveis. O jogo foi projetado por George Fan, inicialmente como uma sequência mais orientada a tower defense do jogo de simulador de peixes Insaniquarium, antes de se desenvolver em um jogo de defesa com plantas lutando contra zumbis. Rich Werner ajudou com o estilo artístico do jogo e Laura Shigihara foi a compositora para a música do jogo.

Em Plants vs. Zombies, o jogador assume o papel de um proprietário em meio a um apocalipse zumbi. Para defender sua casa de zumbis, o jogador coloca plantas que disparam projéteis ou têm outros efeitos prejudiciais em uma horda de zumbis que avançam. O jogador coleta moedas chamadas de "sol" com a qual as plantas podem ser compradas. Os zumbis se aproximam ao longo de várias pistas paralelas no gramado da casa, e o jogador deve plantar defesas nessas pistas. Se um zumbi chegar à casa em qualquer pista, o nível acaba.

O jogo foi aclamado pela crítica e indicado a vários prêmios. Ganhou o "Jogo de Download do Ano" e o "Jogo de Estratégia do Ano" como parte do Golden Joystick Awards 2010. Plants vs. Zombies recebeu elogios por sua jogabilidade simplista, mas envolvente, e estilo de arte bem-humorado. Foi seguido por uma série de outros jogos, incluindo duas sequências diretas (Plants vs. Zombies 2 e Plants vs. Zombies 3), três jogos de tiro em terceira pessoa (Plants vs. Zombies: Garden Warfare, Plants vs. Zombies: Garden Warfare 2, e Plants vs. Zombies: Battle for Neighborville) e dois spin-offs (Plants vs. Zombies Adventures e Plants vs. Zombies Heroes).

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
1UP A−[1]
Destructoid 10/10[2]
Edge 9/10[3]
Eurogamer 9/10[4]
GamePro 5 de 5 estrelas.[5]
GameSpot PC: 8.5/10[6]
X360: 8.5/10[7]
DS: 8/10[8]
GameSpy 4.5 de 5 estrelas.[9]
IGN 9/10[10]
DS: 8/10[11]
VideoGamer.com 9/10[12]
Absolute Games 8.6/10[13]
The Escapist X360: 5 de 5 estrelas.[14]
GamesRadar+ 4.5 de 5 estrelas.[15]
Gamezebo 4.5 de 5 estrelas.[16]
Multiplayer.it 9/10[17]
TouchArcade iOS: 5 de 5 estrelas.[18]
Wired iOS e Android: 9/10[19]
Pontuação global
Agregador Nota média
Metacritic PC: 87/100[20]
iOS: 92/100[21]
(iPad) iOS: 93/100[22]
X360: 89/100[23]
DS: 81/100[24]
PS3: 85/100[25]
(DSiWare) DS: 73/100[26]
PSVita: 77/100[27]

Em 20 de maio de 2009, foi relatado que Plants vs. Zombies era o jogo eletrônico de venda mais rápida criado pela PopCap Games, embora o número de vendas não tenha sido relatado num primeiro momento.[28] Plants vs. Zombies foi aclamado pela crítica. De acordo com o agregador de críticas Metacritic, todas as versões receberam "críticas geralmente favoráveis",[20][23][25][27] com exceção das versões de iOS, que receberam "aclamação universal",[21][22] e a versão de DSiWare, que recebeu críticas "mistas ou medianas".[26]

Comentários críticos

[editar | editar código-fonte]

Plants vs. Zombies recebeu diversos comentários positivos. Alguns críticos acharam a mecânica central do jogo direta e simples, mas o jogo em si bem desafiador.[29] Tom Francis da GamesRadar+ disse que o jogo era casual em sua facilidade de entender sua premissa.[30] Seth Schisel do jornal The New York Times disse que tanto crianças quanto adultos iriam gostar de jogar o jogo,[31] porém outros discordam:[32] Chris Watters, editor da GameSpot, disse, "Jogadores veteranos dessa modalidade vão ter que aguentar muito tempo de jogatinas simples e familiares, e talvez essa espera seja longa demais para alguns."[33] Tae Kim disse que Plants vs. Zombies não era particularmente fácil ou difícil e que ele próprio nunca teve que reiniciar o jogo mesmo sendo "terrível nesse tipo de jogo."[34] John Walker da Rock Paper Shotgun disse também que a dificuldade pareceu artificial em alguns momentos.[35]

Referências

  1. «Plants vs Zombies Review for the PC from». 1Up.com. 8 de maio de 2009. Consultado em 16 de março de 2010. Cópia arquivada em 16 de março de 2015 
  2. Bennett, Collete; Nicolson, Brad (5 de maio de 2009). «Destructoid review: Plants vs. Zombies». Destructoid. Consultado em 4 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 20 de janeiro de 2021 
  3. «Review: Plants Vs Zombies». Edge. 5 de maio de 2009. Consultado em 24 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 31 de maio de 2012 
  4. Donlan, Christain (5 de maio de 2009). «Plants vs. Zombies». Eurogamer. Consultado em 24 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 21 de março de 2020 
  5. Kim, Tae K. (5 de maio de 2009). «Plants vs. Zombies». GamePro. Consultado em 24 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 11 de maio de 2009 
  6. Watters, Chris (5 de maio de 2009). «Plants vs. Zombies Review for PC». GameSpot. Consultado em 16 de março de 2010. Cópia arquivada em 28 de fevereiro de 2010 
  7. Calvert, Justin (13 de setembro de 2010). «Plants vs. Zombies Review for Xbox 360». GameSpot. Consultado em 24 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 3 de novembro de 2016 
  8. Calvert, Justin (21 de janeiro de 2011). «Plants vs. Zombies Review for DS». GameSpot. Consultado em 24 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 16 de setembro de 2015 
  9. Scott, Ryan (20 de agosto de 2009). «The Consensus: Plants vs. Zombies Review». GameSpy. Consultado em 26 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 4 de março de 2016 
  10. PC: Hatfield, Daemon (5 de maio de 2009). «Plants vs. Zombies Review – PC Review at IGN». IGN. Consultado em 30 de junho de 2010. Cópia arquivada em 11 de junho de 2010 
    iPhone: Hatfield, Daemon (13 de fevereiro de 2010). «Plants vs. Zombies Review – iPhone Review at IGN». IGN. Consultado em 28 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2020 
    iPad: Hatfield, Daemon (5 de abril de 2010). «Plants vs. Zombies HD Review – iPad Review at IGN». IGN. Consultado em 28 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2020 
    X360: Hatfield, Daemon (7 de setembro de 2010). «Plants vs. Zombies Review – Xbox-360 Review at IGN». IGN. Consultado em 28 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2020 
    PS3: Hatfield, Daemon (8 de fevereiro de 2011). «Plants vs. Zombies Review – PS3 Review at IGN». IGN. Consultado em 28 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 10 de dezembro de 2020 
    PS-Vita: Hatfield, Daemon (25 de fevereiro de 2012). «Plants vs. Zombies Review – PS-Vita Review at IGN». IGN. Consultado em 28 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 10 de dezembro de 2020 
  11. Hatfield, Daemon (9 de janeiro de 2011). «Plants vs. Zombies Review – DS Review at IGN». IGN. Consultado em 28 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2020 
  12. Orry, Tom (10 de setembro de 2010). «Plants vs. Zombies Review». Videogamer. Consultado em 26 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 27 de novembro de 2020 
  13. Pavlov (29 de junho de 2009). «A Review of Plants vs. Zombies». Absolute Games (em russo). Consultado em 26 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 13 de maio de 2019 
  14. Arendt, Susan (22 de setembro de 2010). «Review: Plants vs Zombies XBLA». The Escapist. Consultado em 28 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2020 
  15. Francis, Tom (11 de maio de 2009). «Plants vs. Zombies Review». GamesRadar+. Consultado em 24 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 10 de março de 2020 
  16. Saltzman, Marc (5 de maio de 2009). «Plants vs Zombies Review». Gamezebo. Consultado em 24 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 30 de outubro de 2017 
  17. Moioli, Umberto (5 de maio de 2009). «Plants vs. Zombies - Review». Multiplayer.it (em italiano). Consultado em 26 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 9 de maio de 2009 
  18. Hodapp, Eli (14 de fevereiro de 2010). «'Plants vs. Zombies' – The Zombies... Are Here!». TouchArcade. Consultado em 5 de julho de 2018. Cópia arquivada em 5 de julho de 2018 
  19. Vanhemert, Kyle (8 de novembro de 2011). «Review: Popcap Plants Vs. Zombies». Wired. Consultado em 24 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2016 
  20. a b «Plants vs. Zombies (PC)». Consultado em 18 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 26 de dezembro de 2017 
  21. a b «Plants vs. Zombies (iOS)». Consultado em 18 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 24 de junho de 2018 
  22. a b «Plants vs. Zombies HD (iOS)». Consultado em 18 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 19 de agosto de 2018 
  23. a b «Plants vs. Zombies (Xbox 360)». Consultado em 18 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 19 de junho de 2018 
  24. «Plants vs. Zombies (DS)». Consultado em 18 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 20 de abril de 2018 
  25. a b «Plants vs. Zombies (PlayStation 3)». Consultado em 18 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 12 de julho de 2018 
  26. a b «Plants vs. Zombies (DSiWare)». Consultado em 18 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 12 de junho de 2018 
  27. a b «Plants vs. Zombies (PlayStation Vita)». Consultado em 18 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2018 
  28. «Plants vs. Zombies is PopCap's fastest-selling game». Joystiq. 20 de maio de 2009. Consultado em 5 de setembro de 2009. Cópia arquivada em 28 de maio de 2009 
  29. «Review: Masterful Plants vs. Zombies Proves Less Is More». Wired (em inglês). ISSN 1059-1028. Consultado em 11 de julho de 2021 
  30. May 2009, Tom_Francis 13. «Plants vs Zombies review». gamesradar (em inglês). Consultado em 11 de julho de 2021 
  31. Schiesel, Seth (12 de junho de 2009). «If You Lose Your Mind, You Risk Having It Eaten». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 11 de julho de 2021 
  32. «GameSpy: The Consensus: Plants vs. Zombies Review - Page 1». pc.gamespy.com. Consultado em 11 de julho de 2021 
  33. «Plants vs. Zombies Review». GameSpot (em inglês). Consultado em 11 de julho de 2021 
  34. «Review : Plants vs. Zombies [PC] - Page 2- from GamePro.com». web.archive.org. 16 de maio de 2009. Consultado em 11 de julho de 2021 
  35. «The Plants Vs. Zombies Review». Rock Paper Shotgun (em inglês). 5 de maio de 2009. Consultado em 11 de julho de 2021