Podgorica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Podgorica
Vista de Podgorica
Bandeira oficial de Podgorica
Brasão oficial de Podgorica
Bandeira Brasão
Localização de Podgorica em Montenegro
Localização de Podgorica em Montenegro
Coordenadas 42° 28' 12" N 19° 16' 48" O
País  Montenegro
Cidade Podgorica
Fundada Século XI
Prefeito Miomir Mugoša (DPS)
Área  
  Total 1.441 km²
População  
  Cidade (2003) 136 473
    Densidade   117,4/km²
Fuso horário
  Verão (DST)
UTC+1 (UTC)
UTC+2 (UTC)
Website: www.podgorica.cg.yu/

Podgoritza[1][2][3][4] ou Podgorica (pronunciada em montenegrino[pǒdɡorit͡sa]) é a capital de Montenegro, país do sudeste europeu. É também capital do município de Podgorica.

Anteriormente conhecida pelos nomes de Titogrado e Ribnica/Ribnitza[3], está localizada no sudeste da Europa a 44 metros acima do nível do mar. Segundo o censo de 2011, a população de Podgoritza é de 156 169 habitantes. A municipalidade de Podgoritza abarca 10,5% de todo o território do país, e 30% de toda a população de Montenegro reside na cidade. Podgoritza é ainda o centro administrativo e político de Montenegro, bem como seu centro econômico, cultural, e educacional.

A cidade está situada a poucos quilômetros de centros de esqui (ao norte) e de balneários no mar Adriático (ao sul).

Nome[editar | editar código-fonte]

O nome da cidade, em cirílico, grafa-se Подгорица (lê-se Podgoritza), e, em alfabeto latino, em montenegrino, é escrito Podgorica (o "c" em montenegrino tem som de "ts").

O nome significa "sob a Gorica" em sérvio. Gorica (góritza; que significa "pequena colina") é o nome da colina que marca a paisagem do centro da cidade.

A cerca de três quilómetros a noroeste de Podgorica localizam-se as ruínas de Doclea, uma vila conhecida já desde tempos pré-romanos e romanos. O imperador romano Diocleciano era desta região.

Séculos mais tarde, os romanos "corrigiram" o nome para Dioclea, considerando erradamente que um "i" se tivesse perdido do discurso comum. "Duklja" é a versão eslava mais tardia dessa palavra.

Aquando a sua fundação (anterior ao Século XI), a vila chamava-se Birziminium. Durante a Idade Média era conhecida como Ribnitza. O nome "Podgoritza" (Podgorica na grafia local) passou a ser utilizado a partir do ano de 1326. De 1946 a 1992 chamou-se Titogrado, em honra ao líder jugoslavo Marechal Tito.

Economia[editar | editar código-fonte]

A cidade é a principal base industrial, comercial e jurídica do país desde sua independência .

Podgorica não é apenas o centro administrativo do Montenegro, mas também seu motor econômico principal. A maior parte da base industrial, financeira e comercial do Montenegro está em Podgorica.

Antes da Primeira Guerra Mundial, a maior parte da economia de Podgorica estava no comércio e manufatura em pequena escala, que era um modelo econômico estabelecido durante a longa regência do Império Otomano. Após a Segunda Guerra Mundial, Podgorica tornou-se a capital de Montenegro e um foco da rápida urbanização e industrialização . Indústrias como o alumínio e processamento de tabaco, têxteis, engenharia, produção de veículos e produção de vinho foram estabelecidos dentro e ao redor da cidade.

No início dos anos 90, a dissolução da Jugoslávia, as guerras jugoslavas e as sanções impostas pela ONU deixaram as indústrias de Podgorica sem mercados tradicionais, fornecedores e fundos disponíveis. Isto, combinado com pressões de transição típicas, levou a um declínio da base industrial, onde muitas indústrias entraram em colapso deixando milhares de cidadãos desempregados. No entanto, algumas das indústrias conseguiram sobreviver à turbulência da década de 1990, e ainda são grandes contribuintes para as exportações industriais de Montenegro até os dias de hoje.

Como Montenegro começou seu impulso para a independência da Sérvia no final dos anos 90, Podgorica beneficiou grandemente de concentração aumentada de governo e serviços. Além de quase todo o governo do país, Podgorica abriga a Bolsa de Valores de Montenegro e outras grandes instituições financeiras montenegrinas, juntamente com operadoras de telecomunicações, meios de comunicação, companhia aérea de bandeira montenegrina e outras instituições e empresas significativas.

A grande presença de governos e setores de serviços poupou a economia de Podgorica de uma prolongada estagnação na recessão dos anos 2000, que atingiu duramente o Montenegro. Embora, em meados de 2014, cerca de 30% dos cidadãos do Montenegro viviam em Podgorica, o município respondeu por 44% dos empregados do país. O salário médio mensal líquido em maio de 2014 era de € 509 no município de Podgorica.

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Podgorica é geminada com:

Erevan

Paris

Londres

Nicósia

Belgrado

Nova Deli

Rio de Janeiro (cidade)

Lavrinhas

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Podgorica

Referências

  1. Macedo, Vítor (Primavera de 2013). «Lista de capitais do Código de Redação Interinstitucional» (PDF). Sítio web da Direção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 41): 15. ISSN 1830-7809. Consultado em 23 de maio de 2013 
  2. «Jornal "O PAIZ" (1929), Rio de Janeiro» 
  3. a b https://books.google.com.br/books?id=-a8WAAAAQAAJ&pg=PA538&dq=ribnitza&hl=en&sa=X&ei=bSKYVfi7G4HigwSpgpbQBQ&ved=0CDcQ6AEwAw#v=onepage&q=ribnitza&f=false
  4. Serviço das Publicações da União Europeia. «Anexo A5: Lista dos Estados, territórios e moedas». Código de Redacção Interinstitucional. Consultado em 19 de janeiro de 2012