Pokémon Pikachu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Pikachu, Pokémon: Let's Go, Pikachu! ou Pokémon Yellow, estrelado por Pikachu.
Pokémon Pikachu
Animal de estimação virtual, brinquedo de exercício
Pokémon Pikachu digital pet.JPG
Outros nomes Pocket Pikachu (ポケットピカチュウ)
Fabricante: Nintendo
Lançamento:
  • JP 27 de março de 1998
  • AN 2 de novembro de 1998
Características
Entrada Batéria CR2032[1]
Conectividade Porta infravermelha (Pokémon Pikachu 2 GS, Pocket Pikachu Color)
Armazenamento: LCD
Preço básico
Dimensões
  • 62.5 mm (2.46 in) H
  • 49.6 mm (1.95 in) W
  • 28 mm (1.1 in) D
[1]
Peso 40 gramas[1]
Site
Sítio oficial (em japonês)
Portal Tecnologias da informação

Pokémon Pikachu, também conhecido como Pocket Pikachu (ポケットピカチュウ?) no Japão, é uma série limitada de dois animais de estimação digitais Pokémon portáteis (semelhante ao Tamagotchi) apresentando o famoso Pokémon elétrico amarelo, Pikachu. Lançado em 27 de março de 1998 no Japão (2 de novembro de 1998[2] na América do Norte), foi concebido como um brinquedo de exercício e mencionado pelo Guinness World Records como o brinquedo de exercício mais popular de sua época.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O primeiro lançamento, uma unidade amarela semelhante a um Game Boy, apresenta uma tela LCD preta e branca usada para exibir animações das atividades de Pikachu. A jogabilidade difere um pouco de outros bichinhos virtuais portáteis porque o Pikachu não precisa ser alimentado, regado ou limpo depois. Em vez disso, a unidade Pokémon Pikachu pode ser amarrada a um cinto e usada como um pedômetro. A cada vinte passos que ele conta, o Pokémon Pikachu credita ao usuário um watt, uma moeda virtual usada para comprar presentes do Pikachu. Atividades adicionais tornam-se disponíveis conforme o jogador passa mais tempo com seu Pikachu virtual. Se negligenciado, Pikachu expressará raiva e eventualmente se recusará a reconhecer o jogador.[4]

O segundo lançamento, Pokémon Pikachu 2 GS, está disponível em uma caixa transparente e prateada com uma tela colorida com mais animações.[5] Ele possui uma porta infravermelha para interagir com Pokémon Gold, Silver e Crystal através da opção Mystery Gift, que utiliza a porta de comunicação infravermelha embutida do Game Boy Color. Isso permite aos jogadores trocar watts por itens nos jogos de Game Boy. Embora haja uma limitação de quanto o modo Mystery Gift pode ser usado entre cartuchos de Game Boy, o único limite do Pokémon Pikachu é o de watts disponíveis (e é bloqueado por região). Watts também podem ser enviados para outras unidades Pokémon Pikachu 2.

Outros modelos[editar | editar código-fonte]

Pokémon e seu personagem Pikachu não são as únicas franquias de mídia usadas por este dispositivo feito pela Nintendo. Sakura Taisen, uma franquia de mídia da SEGA e licenciada pela RED Entertainment lançou um animal de estimação virtual com pedômetro no mesmo estilo do Pokémon Pikachu 2 chamado Pocket Sakura (ポケットサクラ?). Foi lançado junto com Sakura Taisen GB; eles foram desenvolvidos por Jupiter. A Sega não pôde publicar nenhum deles porque eles eram rivais da Nintendo na época, então a publicação foi feita pela Media Factory.[6]

Da mesma forma, a Sanrio, responsável pela franquia Hello Kitty, licenciou para a Nintendo o desenvolvimento do Pocket Hello Kitty. Este apresentava um design semelhante ao do primeiro Pokémon Pikachu, com um jogo baseado na Hello Kitty e seus amigos, disponível em uma caixa de cor rosa.

Pokéwalker[editar | editar código-fonte]

Um dispositivo semelhante ao Pokémon Pikachu, chamado Pokéwalker, vem embalado com Pokémon HeartGold e SoulSilver e se comunica diretamente com os cartões de jogo via infravermelho. Ele permite que o jogador transfira um Pokémon por vez de seu HeartGold ou SoulSilver. O usuário pode capturar Pokémon e encontrar itens gastando watts.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c «Poke Pika». Consultado em 8 de novembro de 2019 
  2. a b «Nintendo: Press Release». 5 de novembro de 1998. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 18 de fevereiro de 1999 
  3. «Poke Pika». Consultado em 8 de novembro de 2019 
  4. «Pokemon Pikachu 2 GS - LCD games - IGN». Cheats.ign.com. Consultado em 9 de julho de 2016. Cópia arquivada em 13 de julho de 2011 
  5. «Customer Service | Other Systems - Pokémon Pikachu 2 GS». Nintendo. Consultado em 9 de julho de 2016. Cópia arquivada em 13 de junho de 2016 
  6. «ポケットサクラ». Jupiter.co.jp. Consultado em 9 de julho de 2016. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2011 
  7. Fletcher, JC (8 de junho de 2009). «Pokemon Gold/Silver remakes let you train Pokémon by walking». Joystiq.com. Consultado em 9 de junho de 2009. Cópia arquivada em 11 de junho de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]