Pokémon Trading Card Game (jogo eletrônico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde março de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Pokémon Trading Card Game
Produtora(s) Hudson Soft
Designer(s) Nintendo
Plataforma(s) Game Boy Color
Série Pokémon
Data(s) de lançamento Japão 18 de Dezembro de 1998[1]
Estados Unidos 10 de Abril de 2000[2]
União Europeia 8 de Dezembro de 2000
Gênero(s) Estratégia
Modos de jogo Single Player

Pokémon Trading Card Game (ポケモンカードGB, Pokemon Kādo GB?) é um jogo da série Pokémon baseado na famosa série Pokémon Trading Card Game, o jogo de cartas dos Pokémon. Apresenta cartas de todos os 151 primeiros Pokémon em uma Região onde não há Pokémon, apenas duelistas com cartas dos mesmos.

Gameplay[editar | editar código-fonte]

A mecânica de jogo de Pokémon TCG é muito semelhante ao jogo de cartas da série no mundo real. Pode-se dizer que é uma versão virtual do jogo. O jogador batalha contra vários "duelistas". Cada um pega sete cartas, seis prêmios e começam a jogar. Cada Pokémon que é nocauteado dá um prêmio ao jogador adversário. Vence quem obtiver seis prêmois ou quando o baralho do adversário acabar.

Club Masters e Grand Masters[editar | editar código-fonte]

Seria a Liga Pokémon da Ilha Dos Duelistas. Há oito Club Masters. Cada clube tem uma especialidade: Fogo, Terra, Águas, etc. Cada um que é derrotado garante uma "Insígnia" para depois poder entrar no Grand Masters, a Elite dos 4 da ilha. O jogador também tem um rival, assim como nos RPGs Originais, que fica mais forte a cada duelo. Ao final do Grand Masters, ele aparece e diz que já derrotou os chefes da Elite dos 4. Então começa o duelo decisivo para ver quem é o melhor duelista!

Hall of Honor[editar | editar código-fonte]

Após derrotar o Grand Masters e o rival pela primeira vez, o jogador entra para o Hall of Honor do jogo e recebe cartas exclusivas como Charizard, Venusaur e até Mew.

Sequências[editar | editar código-fonte]

Pokémon Card GB2: Great Rocket-Dan Sanjō! (ポケモンカードGB2 GR団参上!, Pokémon Card GB2: Here Comes Team Great Rocket!?), lançado em 28 de março de 2001, é a continuação exclusiva em japonês do original Pokémon Trading Card Game , também para o Game Boy Color. Como o seu antecessor, o jogo foi desenvolvido pela Hudson Soft and Creatures, e publicado pela Nintendo. Foi anunciado pela primeira vez em janeiro de 2001 pelo site japonês WatchImpress.[3] Inclui novos aprimoramentos, como a capacidade de escolher o sexo do personagem, um modo de treinamento para ajudar os novos jogadores, um Diagnóstico de Deck para classificar a eficácia do deck de um jogador e um novo grupo de antagonistas conhecido como Team Great Rocket.[3] O jogo apresenta todas as cartas do jogo original, juntamente com novas cartas do quarto set, Team Rocket, bem como cartas originalmente exclusivo das máquinas de venda automática japonesas e do Pacote de Introdução à Instrução de Vídeo Instrucional Pokémon Trading Card , elevando o número total de cartões para 445.

Como no título anterior, os jogadores devem viajar pelo mundo do jogo desafiando personagens que não sejam jogadores a batalhas simuladas usando regras adotadas da versão original do tabletop. Todos os locais do original estão presentes, juntamente com uma nova configuração conhecida como GR Island, que contém seus próprios Battle Masters para os jogadores encontrarem. Derrotando um total de 16 Battle Masters nas antigas e novas ilhas, os jogadores podem desafiar o chefe final do jogo, o Rei Biruritchi. Apesar de um lançamento em inglês na América do Norte ter sido considerado "provável" pelo site IGN em 2001, o jogo não foi disponibilizado fora do Japão.[3] "Pokémon Card GB2 "ganhou 29 de 40 pontos da revista japonesa [Famitsu | Weekly Famitsu]] .[4]

Referências

  1. «ポケモンカードGB» (em Japanese). Nintendo. Consultado em 20 de outubro de 2010. 
  2. «Pokémon Card Delayed». IGN. 2 de dezembro de 1999. Consultado em 20 de outubro de 2010. 
  3. a b c «A New Pokémon Game In The Cards». IGN. 23 de janeiro de 2001. Consultado em 20 de outubro de 2010. 
  4. «ポケモンカードGB2 -GR団参上!- [ゲームボーイ]». Famitsu (em Japanese). Enterbrain, Inc. Consultado em 1 de setembro de 2014. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Pokémon é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.