Política dos Estados Federados da Micronésia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Micronésia
Seal of the Federated States of Micronesia.svg

Este artigo é parte da série:
Política e governo da
Micronésia



Outros países · Atlas

Em 3 de Novembro de 1986, o governo dos Estados Federados da Micronésia assinou um Tratado de Livre Associação com os Estados Unidos, que passaram a ter autoridade total e responsabilidade pela defesa do território, além de terem instituído um programa federal de assistência aos EFM(Estados Federais da Micronésia).

O território é governado por um Congresso unicameral com 14 membros eleitos por voto popular. Quatro senadores - um de cada estado - têm mandatos de 4 anos; os 10 senadores restantes representam os distritos de acordo com a respectiva população e têm mandatos de 2 anos.

O Presidente e vice presidente, com funções executivas são eleitos pelo Congresso de entre os quatro representantes dos estados, para mandatos de 4 anos. As suas posições no Congresso são depois preenchidas por eleições especiais.

Não existem partidos políticos organizados.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]