Poliacetal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Poliacetal
Alerta sobre risco à saúde
Paraformaldehyd.svg
Nome IUPAC Polyoxymethylene
Identificadores
Número CAS 30525-89-4
PubChem 24898648
Propriedades
Fórmula molecular (CH2O)n (n = 8 - 100)
Aparência white crystalline solid
Densidade 1.41 - 1.42 g·cm−3 (20 °C)
Ponto de fusão

120-170 °C

Riscos associados
MSDS Oxford MSDS
Classificação UE Tóxico (T) e Corrosivo (C)
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Polioximetileno (POM), Polióxido de metileno, também conhecido como Poliacetal ou Acetal e Poliformaldehído, é um polímero proveniente do monômero formaldeído, um plástico resistente, descoberto em 1956.

O POM é um termoplástico cristalino de alta rigidez, usado em peças de precisão que requerem uma elevada rigidez, baixo atrito e excelente estabilidade dimensional. O POM é fabricado sob a forma de homopolímero e copolímero. Ambos são duro, rígido, com uma excelente resistência à abrasão e boa aparência polímeros (pode ter uma superfície muito brilhante). Normalmente altamente cristalina e opaca, e apesar de sua cor natural é branca, muitas vezes usado colorido. A sua resistência aos raios UV, bem como ácidos e álcalis é débil.2

Tal como acontece com muitos outros polímeros sintéticos, que é produzida por diferentes empresas químicas, com pequenas diferenças na fórmula e o nome, tais como Delrin, Celcon, e Hostaform Duracon. Foi criado pela DuPont entre 1952 e 1956,3 ainda mais conhecida por sua marca registrada: delrin.

As aplicações típicas para POM moldado por injeção incluem componentes de alta engenharia de desempenho, tais como rodas de engrenagem pequena, rolamentos de esferas, ligações de esqui, cintos, cabos de facas e sistemas de segurança. O material é amplamente utilizado no sistema electrónico de automóveis e de consumo

Características[editar | editar código-fonte]

São descritas propriedades do Poliacetal:

  • Excelente estabilidade dimensional;
  • Elevada rigidez;
  • Boa resistência ao impacto e tração;
  • Antiaderente;
  • Boa resistência a deformação com o calor;
  • Alta resistência a flexões alternadas;
  • Baixo coeficiente de atrito;
  • Absorve vibrações;
  • Baixíssima absorção de umidade;
  • Facilmente usinado;
  • Boa resistência mecânica;
  • Boa resistência dielétrica;
  • Boa resistência a substâncias orgânicas;
  • Tenacidade, mesmo em baixa temperatura;
  • Alto módulo de elasticidade;
  • Elevada resistência a agentes químicos.[1]

É um material utilizado em aplicações eletro-eletrônica, não absorve umidade após a injeção e alta estabilidade dimensional. Pode ser aditivado com fibra de vidro, elastômeros, carga mineral, etc.

O poliacetal surgiu há cinco décadas no mercado e vem tendo destaque graças à sua resistência e outras propriedades excelentes que possui.

Sua absorção de umidade é extremamente baixa, e isso proporciona melhor estabilidade dimensional, uma excelente usinabilidade e um bom polimento. “Durante essas décadas após seu surgimento, o aperfeiçoamento do poliacetal permitiu sua utilização em peças técnicas simples e complexas, que exijam grande esforço, estabilidade dimensional, resistência mecânica e química e excelente deslize". “As principais aplicações do poliacetal são engrenagens, buchas, mancais, roldanas, componentes diversos, eixos e demais aplicações.” Pode-se afirmar que o poliacetal possui características bem aproximadas às do aço.

Aplicações[editar | editar código-fonte]

Aplicações do Poliacetal por setor consumidor:
Setor de aplicação: Produtos:
Engenharia Civil Aditivo para fusão para estruturas de vidros.
Engenharia Elétrica Bobinas, conectores, isolantes elétricos e partes de aparelhos eletrônicos como televisores, telefones, entre outros.
Engenharia Mecânica Corpos de bombas e válvulas, correntes,elementos de direção e corrediças, engrenagens,louças, molas, parafusos,pás de ventilador, buchas, roscas sem-fim,vedações ,peças de tubulações,juntas,cilindros,acoplamentos, vedações e trilhos deslizantes.[2]
Indústria Automobilística Unidade de transmissão de combustível, vidros elétricos, sistema de fechadura de portas e bombas articuladas.
Indústria de Entretenimento Acessórios de Paintball, produção de flautas, gaita de fole e plectros.
Indústria Madereira Dobradiças, estruturas de mobiliário, fechaduras e martelos.
Indústria Têxtil Ziper.
Medicina Canetas de insulina e inaladores de dose calibrada.

Referências