Polirritmia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «Polyrhythm» na Wikipédia em inglês. Ajude e colabore com a tradução.
2:3 Polirritmia (Cross-rhythm) como devolução oval dentro
Polirritmia: Tercinas durante duplets em todos os quatro tempos[1] (Loudspeaker.svg? Tocar)

Polirritmia é o uso simultâneo de duas ou mais estruturas rítmicas diferentes, que não são prontamente percebido como derivando uma da outra, na constituição de uma peça musical.[2]

O conflito rítmico pode ser a base de toda uma peça de música (ritmo cruzado), ou uma interrupção momentânea. A polirritmia pode ser distinguida a partir de ritmos irracionais, o que pode ocorrer dentro do contexto de uma única parte; polirritmos requerem pelo menos dois ritmos para serem utilizados simultaneamente, um dos quais é tipicamente um ritmo irracional.[3]

Como exemplos de polirritmia podem ser mencionados os primeiros minutos da Terceira Sinfona de Beethoven, o primeiro movimento do Concerto para Violino de Brahms, a música Kashmir do Led Zeppelin e o início da música Close To The Edge do Yes.


Referências

  1. Slenczynska (1976). Music At Your Fingertips: Advice For The Artist And Amateur On Playing The Piano, p.43. ISBN 0-306-80034-9.
  2. New Harvard Dictionary of Music (1986: 646). Cambridge, MA: Harvard University Press.
  3. Novotney, Eugene D. (1998: 265). The Three Against Two Relationship as the Foundation of Timelines in West African Musics Urbana, IL: University of Illinois. UnlockingClave.com. http://www.unlockingclave.com/free-download-32-thesis.html
Ícone de esboço Este artigo sobre Jazz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.