Polizeiruf 110

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
TV Future Icon.svg
Polizeiruf 110 é uma série em exibição.
As informações podem mudar rapidamente. Editado pela última vez em 28 de junho de 2015.
Polizeiruf 110
Informação geral
Formato Seriado
Gênero Drama policial
Duração 90 minutos
País de origem  Alemanha Oriental (1971–1990)
 Alemanha (1990–presente)
Idioma original Alemão
Exibição
Emissora de
televisão original
DDR-FS (1971–1990)
ARD (1990–presente)
Transmissão original 27 de junho de 1971 – presente
N.º de temporadas 40
N.º de episódios 328
Cronologia
Programas relacionados Tatort

Polizeiruf 110 (em português: Polícia, disque 110) é um seriado de televisão policial alemão. O primeiro episódio foi transmitido em 27 de junho de 1971 na extinta República Democrática Alemã pela emissora estatal Fernsehen der DDR (DDR-FS). Após a dissolução da DDR-FS como consequência da reunificação alemã, o seriado passou a ser transmitido pela ARD, rede das emissoras públicas da República Federal da Alemanha. Polizeiruf 110 foi originalmente criado como uma versão de Tatort, seriado policial exibido na Alemanha Ocidental, e logo se tornou um dos programas favoritos dos alemães orientais.

Em contraste aos demais seriados policiais, nos quais os assassinatos são o foco principal, Polizeiruf trata de crimes menos sérios como violência doméstica, extorsão, fraude, roubo, delinquência juvenil, pedofilia e estupro. Ao contrário de Tatort, que se concentra nos personagens principais e suas vidas privadas, o procedimento policial é o centro das atenções do seriado, especialmente nos primeiros episódios. Os roteiristas atribuem particular importância à representação do criminoso e seu estado de espírito, assim como o contexto no qual o crime ocorreu.

Um episódio de 1974 baseado no caso do serial killer Erwin Hagedorn foi proibido pelo Politburo do Partido Socialista Unificado da Alemanha, que temia um debate público sobre a pena de morte. Um roteiro e uma fita muda do episódio, até então considerados perdidos, foram redescobertos em 2011, e o som foi dublado por novos atores para que este pudesse finalmente ser transmitido.[1] [2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Peter Borgelt como Capitão (mais tarde detetive-chefe) Peter Fuchs (84 episódios, 1971–1991)
  • Jürgen Frohriep como Tenente, (mais tarde alto comissário criminal) Jürgen Hübner (68 episódios, 1972–1994)
  • Sigrid Göhler como Tenente Vera Arndt (49 episódios, 1971–2001)
  • Wolfgang Winkler como Inspetor-chefe Herbert Schneider (42 episódios, 1979–2007)
  • Andreas Schmidt-Schaller como Tenente (mais tarde alto comissário criminal) Thomas Grawe (40 episódios, 1973–2004)
  • Jaecki Schwarz como Inspector-chefe Herbert Schmücke (38 episódios, 1987–2007)
  • Lutz Riemann como Tenente (mais tarde alto comissário criminal) Lutz Zimmermann (25 episódios, 1983–1991)
  • Henry Hübchen como Tobias Törner (13 episódios, 1972-2005)[3]

Referências

  1. "Cold war TV drama gets premiere, 37 years after GDR censorship". The Guardian. 24 de junho de 2011. Acesso em 2 de outubro de 2011.
  2. Furquim, Fernanda. "Após 37 Anos, Episódio Censurado Estreia na Alemanha". Veja.com. 4 de julho de 2011. Acesso em 2 de outubro de 2011.
  3. Imdb.de

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre séries de televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.