Polystation

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
PolyStation
PolyStation.png
Tipo Console de videogame
Lançamento 1997[carece de fontes?]
Mídia Cartucho
Energia energia eletrica
CPU MOS Technology 6502
Controladores 2 controles

Polystation é um clone de NES que tem características físicas similares às de um PlayStation (PSOne). Os jogos desse console, também conhecido como um Famiclone, podem ser jogos originais da Nintendo ou modificados. Mas a maioria é compatível com os cartuchos do NES.[1]

O Polystation é vendido sob diferentes nomes, incluindo PS-Kid, Game Player e Play and Power; há ainda várias outras variações do nome Polystation tais como Polystation II, Polystation III e Super Polystation. Alguns desses controles possuem a aparência semelhante ao PlayStation original, outros ao PSOne, e outros ao PlayStation 2. Variações recentes do Polystation assemelham-se ao PlayStation 3, alguns dos quais vendidos sobre o nome Funstation 3.[2]

Este videogame não utiliza CD. Seus jogos são em cartuchos de 60 pinos (padrão japonês), como os utilizados no Nintendo 8 bits/NES. Alguns aparelhos vêm com jogos na memória e várias fases diferentes.[3] Já vem com cabos para instalação na televisão (cabo de áudio e vídeo ou Cabo RF).

Ele é feito de plástico fabricado na China e é uma variação do Power Player Super Joy III. Este console não é licenciado pela Sony nem pela Nintendo e é ilegal, pois suas peças podem ser fruto de contrabando ou falsificadas e, geralmente, de origem chinesa. Normalmente a rota se inicia na China e vai ao Paraguai que depois passa pela fronteira brasileira, onde é vendido em camelôs[4].

Referências

  1. «Hey you Pikachu? A look at Super Pikachu Brothers». site Siliconera (em inglês). Consultado em 19 de agosto de 2009  |coautores= requer |autor= (ajuda)
  2. «BitBlog - 10 vídeogames "imitação" que confundem o público». bit.blog.br. Consultado em 28 de fevereiro de 2017 
  3. PolyStation: como um clone do Nintendinho com “cara” de PlayStation ficou famoso no Brasil
  4. «G1 > Tecnologia - NOTÍCIAS - Sucesso de Wii e PlayStation 3 cria onda de videogames falsificados». g1.globo.com. Consultado em 21 de abril de 2012 

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]