Ponte Alta do Norte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ponte Alta do Norte
  Município do Brasil  
Hino
Gentílico norte-pontealtense[1]
Localização
Localização de Ponte Alta do Norte em Santa Catarina
Localização de Ponte Alta do Norte em Santa Catarina
Mapa de Ponte Alta do Norte
Coordenadas 27° 09' 28" S 50° 27' 50" O
País Brasil
Unidade federativa Santa Catarina
Municípios limítrofes Santa Cecília, Curitibanos e São Cristóvão do Sul e Mirim Doce
Distância até a capital 310 km
História
Fundação Início do século 20
Emancipação 30 de março de 1992 (28 anos)
Administração
Prefeito(a) Roberto Molin de Almeida (PMDB)
Características geográficas
Área total [2] 400,972 km²
População total (Censo IBGE/2010[3]) 3 303 hab.
Densidade 8,2 hab./km²
Clima Temperado
Altitude 962 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [4]) 0,752 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 52 807,754 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 14 519,59

Ponte Alta do Norte é um município brasileiro do Estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 27º09'30" sul e a uma longitude 50º27'52" oeste, estando a uma altitude de 962 metros. Sua população estimada em 2010 era de 3.303 habitantes.

Possui uma área de 384,11 km². A rodovia BR 116, na altura dos quilômetros 166 e 168 corta o município no sentido Norte-Sul. O clima é temperado, com estações bem definidas. No verão atinge picos de temperatura pouco acima de 30 graus e no inverno às vezes há neve, com temperaturas já registradas de até -8 graus.

A economia do município é baseada principalmente no setor madeireiro, com reflorestamentos de Pinus e fábricas (serrarias) diversas que utilizam esta matéria-prima. A cidade não possui hospital. Conta com um posto de saúde que fornece atendimento à população com médicos de cidades vizinhas. O comércio é equivalente ao tamanho da cidade: conta com diversas lojas de varejo, postos de combustíveis, restaurantes e farmácias.

A formação religiosa da população é principalmente de Católicos, Evangélicos (diversas denominações) e Testemunhas de Jeová.

Há várias escolas municipais de educação infantil e uma escola estadual que oferece ensino até o segundo grau. Ensino Superior é buscado em cidades vizinhas, com auxílio do poder público municipal.

Ponto alto na história da cidade foi a construção da BR 116, ocasião em que uma companhia de um batalhão rodoviário do exército se instalou no local. Outro foi a época de ouro da extração da madeira da Araucária, madeira nobre que dali foi levada para muitas partes do país, inclusive para a construção da capital do país, Brasília, e exportada para muitos países, principalmente europeus. Na época, a cidade ainda era distrito pertencente ao município de Curitibanos. Depois de extrair as riquezas da região, as serrarias foram sendo desativadas, enquanto os lucros que elas geraram eram investidos em grandes centros, levando o distrito a uma estagnação no desenvolvimento, quadro que só mudaria após a emancipação. Já "município", a cidade passou a ter mais investimentos do poder público.

Referências

  1. História de Ponte Alta do Norte no site do IBGE
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.