Ponte Branca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Ponte Branca
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 10 de dezembro de 1953 (64 anos)
Gentílico ponte-branquense
Prefeito(a) Humberto Nogueira
Localização
Localização de Ponte Branca
Localização de Ponte Branca em Mato Grosso
Ponte Branca está localizado em: Brasil
Ponte Branca
Localização de Ponte Branca no Brasil
16° 45' 50" S 52° 49' 58" O16° 45' 50" S 52° 49' 58" O
Unidade federativa  Mato Grosso
Mesorregião 130 IBGE/2008[1]
Microrregião 537 IBGE/2008[1]
Região metropolitana Alto Araguaia
Municípios limítrofes Araguainha (MT), Ribeirãozinho (MT), Doverlândia (GO) e Mineiros (GO).
Distância até a capital 493 km
Características geográficas
Área 687,812 km² [2]
População 1 720 hab. Censo IBGE/2012[3]
Densidade 2,5 hab./km²
Altitude 472 m
Clima Clima Tropical quente e úmido. Precipitação média anual de 1.750 mm, com intensidade máxima em dezembro, janeiro e fevereiro. Temperatura média anual de 24ºC, com maior máxima de 40ºC, e menor mínima de 0ºC.
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,738 elevado PNUD/2000[4]
PIB R$ 21 582,512 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 11 787,28 IBGE/2008[5]

Ponte Branca é um município brasileiro do estado de Mato Grosso. Localiza-se a uma latitude 16º45'51" sul e a uma longitude 52º50'00" oeste, estando a uma altitude de 424 metros. Sua população estimada em 2004 era de 1 980 habitantes. Possui uma área de 6.904,71 km².

Ponte Branca, teve origem no ano de 1905, com o estabelecimento de Luíz Nogueira da Silva, em fazendas de gado.

Em 1907, João Ribeiro, procedente de Goiás, deu mais vida ao lugar, que recebeu o nome de Alcantilado do Araguaya, cuja denominação sobreviveu até o ano de 1935.

No dia 2 de fevereiro de 1935, Simeão Martins Teixeira, procedente de Ituiutaba , Minas Gerais, além da intenção de explorar o leito do Rio Araguaia em busca de diamantes, trazia a incumbência do Interventor de Goiás, Pedro Ludovico Teixeira, de construir uma ponte de madeira sobre o Araguaia, para facilitar o trânsito entre os dois estados vizinhos.

Simeão deu cumprimento à empreitada, tendo efetivamente levantado a ponte, mas, ela foi destruída por uma enchente antes mesmo da entrega ao Interventor goiano. Simeão construiu, então, outra ponte, provisória, que só dava passagem em determinada época do ano. Desta feita foi empregada como matéria prima na construção da ponte um tipo de madeira branca.

A partir daí o lugar passou a ser denominado de Ponte Branca. Existe, porém, outra versão sobre a origem do nome da cidade pois a ponte teria recebido uma pintura a cal, passando a ser chamada de Ponte Branca.

O Decreto nº 760, de 17 de setembro de 1945, determinou a reserva de uma área de 3.600 ha para constituição do patrimônio de Ponte Branca.O município foi criado pela Lei nº 652, de 01 de dezembro de 1953.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Mato Grosso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.