Ponte Tripla (Liubliana)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ponte Tripla
Tromostovje
Arquitetura e construção
Tipo Ponte em arco
Arquiteto Giovanni Picco, Jože Plečnik
Data de abertura 1842, 1932
Tráfego Pedonal
Geografia
Cruza Rio Ljubljanica
País  Eslovênia
Cidade Liubliana
Coordenadas 46° 03' 04" N 14° 30' 22" E

A Ponte Tripla (em esloveno: Tromostovje, em fontes mais antigas também Tromostje[1][2]) é um grupo de três pontes que cruzam o rio Ljubljanica, em Liubliana, capital da Eslovênia. Ela conecta o centro histórico medieval de Liubliana, à direita do rio, com a cidade moderna na margem esquerda.

Descrição[editar | editar código-fonte]

A ponte central é parcialmente construída com calcário Glinica. Outras partes são feitas de concreto. As balaustradas, com 642 balaústres, são feitas de concreto artificial.[3] A plataforma é coberta com blocos de granito posts em 2010. Anteriormente, a ponte era coberta com asfalto.

História[editar | editar código-fonte]

A inscrição em latim no lado a montante da ponte central: "Ao arquiduque Francisco Carlos. 1842. A cidade."

Há menção de uma ponte de madeira no mesmo local desde 1280.[4] Era inicialmente conhecida como a Ponte Velha (Stari most), e depois como a Ponte Inferior (Spodnji most),[4] em contraste com a Ponte Superior, construída no local onde hoje está a Ponte dos Sapateiros, construída também no século XIII.[5] Também foi conhecida como Ponte Špital (Špitalski most) após a asilo estabelecido no início do século XIV em suas proximidades. Foi reconstruída em 1657 após um incêndio.[4]

Em 1842, a Ponte Inferior foi substituída por uma nova ponte projetada por Giovanni Picco, arquiteto italiano de Villach, e batizada de Ponte de Francisco (Frančev most) em homenagem ao arquiduque Francisco Carlos, da Áustria.[3] Também ficou conhecida como Ponte Franciscana (Frančiškanski most). Esta ponte, aberta em 25 de setembro de 1842, tinha dois arcos e uma cerca de metal.[3] A maior parte dessa construção é preservada até hoje, como evidenciado na dedicação ao arquiduque em latim "ARCHIDVCI. FRANCISCO. CAROLO. MDCCCXLII. CIVITAS.", que significa " Ao Arquiduque Francisco Carlos. 1842. A cidade."[6][7]

Para evitar que a ponte em arco de pedra de 1842 fosse um gargalo ao trânsito da cidade, o arquiteto Jože Plečnik projetou em 1929 a extensão da ponte, com duas passarelas em um ângulo discreto de cada lado. Em colaboração com seu aluno Ciril Tavčar, que desenhou os planos, ele publicou a proposta no mesmo ano na revista Ljubljanski Zvon.[8] A construção começou em 1931 e continuou até a primavera de 1932. A ponte foi aberta para o tráfego em abril de 1932.[8]

A ponte foi reformada em 1992. Desde 2007, todas as três pontes fazem parte da zona exclusiva para pedestres de Liubliana.[9]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Representações[editar | editar código-fonte]

A ponte é um símbolo da capital eslovena, servindo para representar Liubliana.

  • Um modelo da ponte é exibido na Mini-Europa em Bruxelas .
  • Em 23 de janeiro de 2012, comemorando o 140º aniversário de nascimento de Jože Plečnik, uma foto da Ponte Tripla foi apresentada como uma adaptação oficial do logotipo do Google (Doodle) na Eslovênia.[10]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. "Tromostje je dograjeno." 1931. Slovenski narod 64(229) (9 October): 2.
  2. Mušić, Marjan. 1980. Jože Plečnik. Ljubljana: Partizanska knjiga, p. 212.
  3. a b c Hrausky, Andrej; Johnson Debeljak, Erica; Lavtižar, Jana; Sunesko, Darja; Schwarz (2007). Architectural guide to Ljubljana: 107 selected buildings 1ª ed. Ljubljana: Darila Rokus. OCLC 449255301 
  4. a b c «Tromostovje (The Three Bridges)» (em inglês). Inštitut Jožef Štefan. Consultado em 8 de maio de 2020 
  5. «Ljubljana - Ljubljana in the Middle Ages». 9 de julho de 2007 
  6. Jamšek, Eva. [The Ljubljanica, the Eternal Challenge to Artists, Creators, and Important Personalities: The Triple Bridge «Ljubljanica - večni izziv umetnikov, ustvarjalcev in pomembnih osebnosti: Tromostovje»] Verifique valor |urlcapítulo= (ajuda). BIC zgodba (PDF). [S.l.: s.n.] 
  7. Stopar, Ivan; Prelovšek, Damjan (1992). Walks in old Ljubljana: a guide to its culture and history. Marketing 013 ZTP. [S.l.: s.n.] 
  8. a b Plečnik (1929). «Frančiškansko mostovje». Ljubljanski Zvon (em Slovenian). 42. Predefinição:COBISS 
  9. «The Triple Bridge». Architectuul. Consultado em 8 de maio de 2020 
  10. «Jože Plečnik za Ljubljano tisto, kar je bil za Barcelono Antonio Gaudi» [Jože Plečnik Was to Ljubljana What Antonio Gaudi Was to Barcelona]. MMC RTV Slovenia (em Slovenian)