Pontifício Conselho para a Cultura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dicastério da Igreja Católica
Coat of arms Holy See.svg
Pontifício Conselho para a Cultura
 
Pontificium Consilium de Cultura


Ereção Canônica: 22 de maio de 1982
Presidente: Cardeal Gianfranco Ravasi
Secretário: Paul Tighe
Carlos Alberto de Pinho Moreira Azevedo (Oficial)
Emérito: Cardeal Paul Joseph Jean Poupard
Santa Sé · Igreja Católica
Projeto Catolicismo · uso desta caixa

O Pontifício Conselho para a Cultura ( em latim, Pontificium Consilium de Cultura) é um dicastério da Cúria romana, criado pelo Papa João Paulo II, em 1982, com base Constituição Apostólica Gaudium et Spes, emitida durante o Concílio Vaticano II.[1][2]

Com o Motu Próprio Inde a Pontificatus, de 25 de março de 1993, João Paulo II uniu o Pontifício Conselho para o Diálogo com os não crentes (fundado em 1965 por Paulo VI) ao Pontifício Conselho para a Cultura, para formar um único organismo, que leva o nome do Pontifício Conselho para a Cultura.[3]

Missão[editar | editar código-fonte]

O Pontifício Conselho para a Cultura opera no encontro entre a mensagem do evangelho e a cultura; entre o estudo dos graves fenômenos de ruptura entre o Evangelho e as culturas, de indiferença religiosa e de não crença.

As relações da Igreja e da Santa Sé com o mundo da cultura, procura promover, em particular o diálogo com as várias culturas do nosso tempo, a fim de que, a civilidade do ser humano se abra sempre mais ao Evangelho, e os intelectuais das ciências, da literatura e das artes se sintam reconhecidos pela Igreja como pessoas ao serviço da verdade, do bem e do belo.

O Pontifício Conselho para a Cultura, segue e coordena as atividades das Pontifícias Academias para uma recíproca colaboração, com a Comissão Pontifícia para os Bens Culturais da Igreja.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Atual Presidente
Nome Período Notas
Presidentes
Cardeal Gianfranco Ravasi 2007 Atual
Cardeal Paul Joseph Jean Poupard 1988-2007 presidente emérito
Cardeal Gabriel-Marie Garrone 1982-1988

Departamentos[editar | editar código-fonte]

Sede do Conselho

Em sua estrutura interna, o Conselho possui os seguintes departamentos[4]:

Atividades[editar | editar código-fonte]

O Conselho promove e patrocina o Festival Internacional de Filmes Católicos, criado em 2010 pela produtora e diretora italiana Liana Marabini, para promoção de filmes independetes com temáticas próprias da religião católica.[5]

Também promove, desde 2009, o evento Átrio dos Gentios, com o objetivo de incentivar o diálogo especialmente entre crentes e não crentes nas áreas de interesse comum a ambos os grupos.[6][7]

No departamento de música, são promovidos congressos visando estudar e refletir sobre as influências culturais dentro da música e sua manifestação dentro da Igreja Católica, bem como a preservação do patrimônio musical do passado.[8][9]

O Conselho também é responsável pelo time de críquete do Vaticano.[10]

Referências

  1. Papa Paulo VI. Gaudium et Spes, capítulo II: A conveniente promoção do progresso cultural. - vatican.va.
  2. Papa João Paulo II. Letter of foundation - Página oficial.
  3. Papa João Paulo II. Inde a Pontificatus - vatican.va.
  4. Dipartimenti - Página oficial
  5. Mirabile Dictu - Página oficial do Festival
  6. Origini - Página Oficial do Átrio dos Gentios
  7. Átrio dos Gentios, do Vaticano, vem a Curitiba em abril - Gazeta do Povo
  8. Música e Igreja: há 50 anos da Instrução Musicam Sacram - Rádio Vaticano
  9. Papa: "Modernizar a música nas igrejas, mas sem banalidades" - Rádio Vaticano
  10. Vatican cricket team heads overseas for interfaith tournament - The Local (inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]