Venda porta a porta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Porta a porta)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2010). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A venda porta a porta consiste em efetuar visitas aos possíveis compradores objetivando a oferta de produto ou serviço.

Esta sistemática de vendas está intimamente ligada a alguns produtos, como consórcio, planos de saúde, seja físico ou bucal, como também a outros dentro do segmento de vendas externas.

Para o desenvolvimento desta atividade, é fundamental um bom planejamento do dia de trabalho. O planejamento deve começar no dia anterior; deve-se ter bem claro o perfil de prospects que pretende buscar. Sabendo os hábitos de consumo do seu prospect você saberá exatamente onde encontrá-lo e o que fazer para atrair a sua atenção quanto ao produto que vende. E é fundamental identificar se o seu produto é passível de consumo pelo prospect, caso não, amplie o segmento que pretende atingir.

Modelo[editar | editar código-fonte]

Os produtos ou serviços vendidos de porta em porta geralmente estão em um dos sete setores: cabo, telecomunicações, solar, energia, segurança, paisagismo e construção.[1] There are also many multi-level marketing products sold door-to-door.[2] O maior subconjunto desses itens seria o de produtos / serviços de melhoramento da casa, onde os itens vendidos poderiam ser telhados novos ou reparados, novas janelas de reposição e pedras decorativas.

A partir de 2008, o modelo de negócios de muitas empresas que participam desse tipo de marketing direto mudou com o crescimento da era da informação. Os produtos vendidos de porta em porta são agora mais propensos a serem mais sutis por natureza: como folhas de cupom para eventos ou negócios locais, ingressos para equipes esportivas profissionais locais (ambas são conhecidos no setor como "Vendas de certificados [ou certificados]" ou assinaturas de serviços domésticos serviços de televisão ou internet em banda larga. Telecomunicações empresas como Verizon Communications ( FiOS), Comcast (cabo televisão e internet) e AT&T (U-verse ) todos os contratos com várias empresas de marketing para realização nacional de vendas em nível residencial.Enquanto a prática do vendedor carregando uma sacola de mercadorias no ombro para vender ao público diminuiu com os avanços feitos na tecnologia e na venda pela Internet, houve um ressurgimento vendas de porta em porta nos últimos anos, especialmente nas indústrias de energia e solar.[3][4]

Referências

  1. «Door-to-door solar sales is back—but why?». Solar Power World (em inglês). 4 de outubro de 2016. Consultado em 7 de novembro de 2017 
  2. «MLM Law - Door-to-Door Sales- Attorney Specializing in Multilevel Marketing and Direct Selling Reese, Poyfair, Richards». www.mlmlaw.com (em inglês). Consultado em 7 de novembro de 2017 
  3. Sweet, Cassandra. «SolarCity Aims to Cut Marketing Costs as Competition Heats Up». The Wall Street Journal (wsj.com). Wall Street Journal. Consultado em 17 de janeiro de 2017 
  4. «Door-todoor Sales: The Forgotten Channel». Boston Consulting Group