Portal:Arábia Saudita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Portal da Arábia Saudita
بوابة المملكة العربية السعودية

Flag of Saudi Arabia.svg
Coat of arms of Saudi Arabia.svg
SaudiArabiaWorldMap.png

Arábia Saudita (em árabe: السعودية as-Su’ūdiyya), oficialmente Reino da Arábia Saudita (em árabe: المملكة العربية السعودية; al-Mamlaka al-ʻArabiyya as-Suʻūdiyya), é, por tamanho de território, o maior país árabe na Ásia e na Península Arábica (cerca de 2 150 000 quilômetros quadrados), constituindo a maior parte da Península Arábica, e o segundo maior país árabe do mundo (após a Argélia). Tem fronteiras com Jordânia e Iraque ao norte; Kuwait ao nordeste; Catar, Barém e Emirados Árabes Unidos a leste; Omã ao sudeste; Iêmen ao sul; Mar Vermelho e o golfo de Acaba (através dos quais faz fronteira com o Egipto, servindo o mar Vermelho, também, de ligação à Eritreia e ao Sudão) ao oeste e com o golfo Pérsico a leste (através do qual tem fronteiras com o Irão e o Bahrein). Sua população é estimada em 16 milhões de cidadãos nativos, 9 milhões de expatriados estrangeiros e 2 milhões de imigrantes ilegais registrados. Suas principais cidades são: Riade, a capital; Gidá, principal porto e antiga capital; e Meca e Medina, cidades sagradas do islamismo.

LocationSaudiArabia.svg

O Reino da Arábia Saudita foi fundado por Abd al-Aziz Al Saud (mais conhecido ao longo de toda sua vida adulta como Ibn Saud) em 1932, embora as conquistas que levaram à criação do Reino tenham começado em 1902, quando ele capturou Riade, a casa ancestral de sua família, a Casa de Saud, conhecida em árabe como Al Saud. Desde a criação do país, o sistema político tem sido o de uma monarquia absoluta teocrática. O governo saudita se descreve como islâmico e é altamente influenciado pelo uaabismo. A Arábia Saudita muitas vezes é chamada de "Terra das Duas Mesquitas Sagradas", em referência às mesquitas al-Masjid al-Haram (em Meca) e al-Masjid an-Nabawi (em Medina), os dois lugares mais sagrados do islamismo.





Artigos selecionados

A Arábia Saudita não é conhecida por ter um programa de armas nucleares. Do ponto de vista oficial e público, a Arábia Saudita tem sido um oponente de armas nucleares no Oriente Médio, tendo assinado o Tratado de Não-Proliferação Nuclear, e é um membro da coalizão de países exigindo uma Zona Livre de Armas Nucleares no Oriente Médio. Estudos de proliferação nuclear não identificaram a Arábia Saudita como um país de preocupação.

No entanto, ao longo dos anos tem havido relatos da mídia e de intenções da Arábia Saudita para comprar uma arma nuclear a partir de uma fonte externa. Em 2003, um documento estratégico que vazou definiu três opções possíveis para o governo Saudita: para adquirir um elemento de dissuasão nuclear, para aliar-se com e tornar-se protegido por uma nação nuclear existente, ou para tentar chegar a um acordo em ter uma zona livre de armas nucleares no Oriente Médio. Autoridades da ONU e especialistas em armas sugeriram este comentário foi motivado por um distanciamento das relações com os Estados Unidos, as preocupações com o programa nuclear do Irã, e a falta de pressão internacional sobre Israel a desistir de suas armas nucleares.


Biografia selecionada

Misha'al bint Fahd al Saud (nome completo: Misha'al bint Fahd bin Mohammed bin Abdulaziz Al Saud, em árabe: الأميرة مشاعل بنت فهد بن محمد بن عبدالعزيز آل سعود‎‎) (1958–15 de julho de 1977) foi uma princesa saudita, membro da Casa de Saud. Misha'al foi executada a tiros como pena pelo crime de adultério em 1977, aos 19 anos de idade. Ela era neta do príncipe Muhammad bin Abdulaziz Al Saud, único irmão co-sanguíneo do então rei Khalid. A história de Misha'al ganhou repercussão mundial em 1980 através da exibição do telefilme Morte de uma princesa no Reino Unido e nos Estados Unidos.


Imagem selecionada

Kingdom Tower at night.JPG
Kingdom Tower, mais conhecida como Jeddah Tower, é um arranha-céu em Jeddah, Arábia Saudita.

Sabia que?

  • ... que a vida selvagem da Arábia Saudita inclui espécies endêmicas da região, como o pica-pau árabe?
  • ... que cerca de 90% da força de trabalho da Arábia Saudita é composta por trabalhadores estrangeiros?


WikiProjetos

Categorias

Mapa

Arabia Saudita - Expansion entre 1914 e 1934.png


Expansão territorial saudita entre 1914 e 1934.


Como colaborar

Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com a Arábia Saudita na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

  • Ajude a manter este portal atualizado.
  • Dê suas sugestões, críticas ou elogios na página de discussão.
  • Crie artigos de destaque relacionados a esse país dando visibilidade ao assunto escolhido.
  • Adicione novas imagens na galeria.

Associados Wikimedia

Arábia Saudita no Wikinotícias     Arábia Saudita no Wikiquote     Arábia Saudita no Wikilivros     Arábia Saudita no Wikisource     Arábia Saudita no Wikcionário     Arábia Saudita na Wikiversidade     Arábia Saudita no Wikivoyage     Arábia Saudita no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/Ar%C3%A1bia_SauditaWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/Ar%C3%A1bia_SauditaWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/Ar%C3%A1bia_SauditaWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/Ar%C3%A1bia_SauditaWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/Ar%C3%A1bia_SauditaWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Ar%C3%A1bia_SauditaWikiversity-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Ar%C3%A1bia_SauditaWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:Ar%C3%A1bia_SauditaCommons-logo.svg
Cartella verde.jpg
Portal.svg
ver    

Recarregar