Portal:Conteúdo destacado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The featured content star

Conteúdo destacado na Wikipédia

Conteúdo destacado representa o melhor que a Wikipédia tem a oferecer. Esta página faz ligações com todos os conteúdos destacados da Wikipédia e apresenta um exemplo de cada tipo de conteúdo selecionado aleatoriamente.

Conteúdo destacado aleatório

Para ver abaixo outra seleção aleatória de conteúdos destacados, clique aqui.

Escolha dos conteúdos destacados

Você pode participar do processo de seleção dos destaques em:

Conteúdo destacado:

Conteúdo bom:

Revalidação:

Artigo destacado aleatório

Chellsie Memmel, estreante na seleção para o Pan-americano de Santo Domingo em 2003 e terceira norte-americana a tornar-se campeã mundial, feito este atingido no Campeonato de Melbourne em 2005.

A Seleção de Ginástica Artística Feminina dos Estados Unidos é o grupo composto pelas seis atletas principais mais a primeira ginasta suplente, que representam a nação durante as competições internacionais. A primeira conquista internacional atingida pelas norte-americanas foi a medalha de bronze coletiva obtida nas Olimpíadas de Londres, em 1948. Após esta, apenas quarenta anos mais tarde a base da equipe tornou-se novamente competitiva.

Até meados da década de 1980, os Estados Unidos eram um país considerado de segunda linha na ginástica artística, à exceção das conquistas de Mary Lou Retton nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984. O primeiro título mundial no individual geral foi conseguido em 1991 e as primeiras medalhas por equipes foram alcançadas nos Jogos de Barcelona 1992 (bronze) e Atlanta 1996 (ouro), destacando-se a ginasta Shannon Miller, medalhista por cinco vezes em uma edição olímpica. Oito anos mais tarde, nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, o ouro não foi repetido, mas a equipe norte-americana manteve-se no pódio com uma medalha de prata, repetida nos Jogos de Pequim, em 2008. Nas Olimpíadas de 2004 e 2008, o ouro do concurso geral manteve-se com as norte-americanas: primeiro, Carly Patterson tornou-se a vencedora da prova e em seguida foi a vez da ginasta russa naturalizada estadunidense, Nastia Liukin. (leia mais...)


Lista destacada aleatória

Este anexo lista os singles que alcançaram a primeira posição na Pop Songs no ano de 2013. A tabela é publicada semanalmente pela revista Billboard, que classifica a popularidade de canções de gêneros pop nas rádios dos Estados Unidos a partir de dados recolhidos pela Nielsen Broadcast Data Systems. Ao todo, foi dezesseis o número de canções que ocuparam a liderança da parada durante as cinquenta e duas semanas de 2013. O cantor Bruno Mars encetou o decurso do ano com "Locked Out of Heaven", enquanto a parceria do rapper Eminem com a barbadiana Rihanna, "The Monster", deu desfecho ao ciclo. Onze atos garantiram seu primeiro número um na compilação, foram eles: Macklemore & Ryan Lewis, Wanz, Mikky Ekko, Nate Ruess, Ray Dalton, Robin Thicke, Pharrell Williams, Lorde e Imagine Dragons. "Blurred Lines", colaboração de Thicke com T.I. e Williams, conseguiu passar dez edições consecutivas no cume da lista, detendo assim recordes por este feito: o single é o primeiro em oito anos – desde "We Belong Together" de Mariah Carey – a ocupar o topo por uma dezena de semanas, e Thicke apenas o segundo artista masculino a alcançar esta façanha.

Imagem destacada aleatória

Mexico-Popocatepetl.jpg
Vista do lado sul do vulcão Popocatépetl, no México.

Conteúdo recentemente destacado

Artigos Imagens Listas Portais