Portal:Espiritismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Listas por tema · Glossários · Índice A-Z


Espiritismo

Este é o portal do espiritismo, que pretende reunir o máximo de informações sobre a Doutrina Espírita.

Artigo destacado[editar | editar código-fonte]

Salão parisiense com pessoas ao redor de uma mesa girante. (L'Illustration, 1853)

Mesas girantes, mesas falantes ou dança das mesas são um tipo de sessão espírita em que os participantes se sentam ao redor de uma mesa, colocam as mãos sobre ela e esperam que ela se movimente.

Populares no século XIX, as mesas supostamente serviam como meio de comunicação com supostos espíritos. Alfabetos também eram colocados sobre as mesas e elas supostamente se inclinavam para a carta adequada, soletrando, assim, palavras e frases.

O fenômeno é explicado pelo efeito ideomotor, que também acontece no tabuleiro ouija e na chamada "brincadeira do copo". Em 1853, Michael Faraday publicou os resultados de experimentos que esclareceram a movimentação das mesas com base nas descobertas de William Benjamin Carpenter sobre o efeito ideomotor, a movimentação involuntária dos músculos pelos participantes da sessão.

Apesar disso, no século XIX e começo do século XX, os defensores do magnetismo animal e do médico acusado de charlatanismo Franz Anton Mesmer, os praticantes do moderno espiritualismo e, posteriormente, os adeptos do espiritismo, continuaram a alegar que as mesas permitiam a comunicação de espíritos com as pessoas.

Ainda são consideradas reais por kardecistas e umbandistas. Os praticantes dessas religiões acreditam que espíritos que antes comunicavam através das mesas girantes comunicariam agora por fenômenos mediúnicos, especialmente os chamados de psicografia e psicofonia pelos espíritas, expressões cunhadas por Allan Kardec, criador do espiritismo.

Pp interrogation.gif Você sabia?[editar | editar código-fonte]

Para o Espiritismo, Deus é Inteligência suprema, causa primária de todas as coisas (é algo e não alguém).[1] Defende-se a unicidade de Deus, rejeitando-se o dogma da Santíssima Trindade. Assim, Deus é eterno, imutável, imaterial, único, onipotente e soberanamente justo e bom. Criou o Universo, que abrange todos os seres racionais (Jesus, por exemplo) e irracionais, animados e inanimados, imateriais (que constituem o mundo invisível ou espírita, isto é, dos Espíritos - o mundo normal, primitivo, eterno, preexistente e sobrevivente a tudo que foi criado) e materiais (que constituem o mundo visível ou corpóreo - o mundo corporal é secundário; poderia deixar de existir, ou não ter jamais existido, sem que por isso se alterasse a essência do mundo espírita), os quais, por sua vez, estão todos destinados à lei do progresso.[2] Reconhece-se a inexorabilidade das leis naturais, contudo todas as leis da natureza são leis divinas, pois Deus é seu autor.

Referências

  1. O Livros dos Espíritos. (Parte Primeira) Cap.1, De Deus, Deus e o Infinito. Questão n°1
  2. http://www.febnet.org.br/wp-content/uploads/2012/07/135.pdf O Livro dos Espíritos, Allan Kardec, Introdução, VI, pp. 30 e 31, FEB
Allan Kardec
Allan Kardec, codificador e sistematizador da Doutrina Espírita
Nome completo Hippolyte Léon Denizard Rivail
Conhecido(a) por Codificar, sistematizar e propagar a Doutrina Espírita; propagar o "Método pedagógico de Pestalozzi"
Nascimento 3 de outubro de 1804
Lyon, França
Morte 31 de março de 1869 (64 anos)
Paris, Ile-de-France
Nacionalidade França francês
Ocupação Pedagogo, professor, autor, tradutor
Assinatura
AllanKardec Assin.png

A palavra espiritismo (fr. spiritisme) surgiu como um neologismo criado pelo pedagogo francês Allan Kardec, utilizado pela primeira vez na introdução de O Livro dos Espíritos (1857), para nomear especificamente o corpo de idéias por ele sistematizadas, diferenciando-o do movimento espiritualista em geral. Contudo, a utilização de raízes oriundas da língua viva para compor a palavra (Spirit: Espírito + Isme: Doutrina), que, por um lado, foi um expediente a que recorreu Kardec para facilitar a difusão do novo conjunto de idéias, por outro fez com que o termo fosse rapidamente incorporado ao uso cotidiano para designar tudo o que dizia respeito à comunicação com o além-túmulo. Assim, por espiritismo, muitos entendem hoje as várias doutrinas religiosas e/ou filosóficas que creem na sobrevivência do espírito à morte do corpo, e, principalmente, na possibilidade de se comunicar ordinariamente com ele.

Categorias[editar | editar código-fonte]

Espiritismo | Espíritas | Estudiosos e escritores espíritas | Instituições espíritas | Médiuns | Mídias espíritas | Pesquisadores de fenômenos espíritas | Reencarnação| Autores e entidades espirituais


Predefinições[editar | editar código-fonte]

Artigos precisando de ajuda Artigos relacionados

Artigos precisando nova redação
Doença espiritual | Tratamento espiritual

Por Desenvolver:
Materialização | Psicofonia | Chico Xavier | Fluido cósmico universal | Desdobramento

Artigos Pedidos
Aran Silva | Aurino Barbosa Souto | Carlos Jordão da Silva | Cesar Burnier | Dr. Clayton | Emma Kunz | Esmeralda Bittencourt | Felisberto do Amaral Peixoto | Fernão Leão Gama Lobo Pereira | Francisco Caitani | Francisco Spinelli | Franz (espírito) | Fred Fígner | Grupo Ismael | Henri Sausse | Indridi Indridasson | Jardelino Ramos | Kathleen Goligher | Linda Gazear | Lucius (espírito) | Luís Antônio Millecco | Marcírio Cardoso de Oliveira | Maurício da Silva Magalhães | Noraldino de Mello Castro | Olímpio Giffoni | Oswaldo Mello | Patrícia (Espírito) | Roberto Pedro Michelena | Sousa do Prado | Tanaka (espírito) | Zêus Wantuil




   Como ajudar?   

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com o Espiritismo na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

  • Vigie os artigos sobre Espiritismo, combatendo vandalismos e edições equivocadas.
  • Crie artigos sobre Espiritismo, mediunidade e espiritualismo.
  • Ajude a manter este portal atualizado.
  • Dê suas sugestões, críticas ou elogios na Página de discussão.
  • Crie artigos de destaque relacionados com o Espiritismo dando visibilidade ao assunto escolhido.
  • Adicione {{Portal-espiritismo}} em artigos relacionados.

Obras da codificação (em domínio público)[editar | editar código-fonte]