Portal:Exploração espacial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
(Atualizar Conteúdos)
Portal da
Exploração espacial

Exploração espacial


O ônibus espacial Discovery preparado para o seu lançamento na missão STS-114.

Exploração espacial é o conjunto de esforços do homem que visão a exploração espaço e seus corpos celestes. Enquanto o estudo do espaço, estrelas, dentre outros astros, é realizada principalmente por astrônomos com instrumentos materiais, a exploração física do espaço é realizada tanto por sondas robóticas não tripuladas, quanto por voos espaciais tripulados. Os corpos celestes e astros sempre foram motivo de grande fascinação na humanidade. Há registros de gregos, mesopotâmicos e astecas descrevendo vários acontecimentos celestes. Há também vários cientistas deram grandes contribuições para que o sonho de explorar o espaço pudesse se tornar realidade, como o russo Konstantin Tsiolkovsky, o alemão Hermann Oberth e o estadunidense Robert Goddard. Antes e durante a Segunda Guerra Mundial não havia um esforço conjunto que tinha por objetivo a exploração física do espaço. Mas foi realmente durante a Guerra Fria, com o início da Corrida Espacial, que Estados Unidos e União Soviética buscaram consideravelmente superioridade uma da outra na exploração do espaço, exploração que nunca antes se tinha visto.

Artigo selecionado


HST-SM4.jpeg

Telescópio espacial Hubble é um satélite astronômico artificial não tripulado que transporta um grande telescópio para a luz visível e infravermelha. Foi lançado pela agência espacial estadunidense no dia 24 de abril de 1990, a bordo do ônibus espacial Discovery durante a missão STS-31. Este telescópio já recebeu várias visitas espaciais da NASA para a manutenção e para a substituição de equipamentos obsoletos ou inoperantes.

O telescópio é a primeira missão da NASA pertencente aos Grandes Observatórios Espaciais - (Great Observatories Program), consistindo numa família de quatro observatórios orbitais, cada um observando o Universo em um comprimento diferente de onda, como a luz visível, raios gama, raios-X e o infravermelho. Pela primeira vez se tornou possível ver mais longe do que as estrelas da nossa própria galáxia e estudar estruturas do Universo até então desconhecidas ou pouco observadas. O Hubble, de uma forma geral, deu à civilização humana uma nova visão do universo e proporcionou um salto equivalente ao dado pela luneta de Galileu Galilei no século XVII.

Biografia selecionada


Marcos Pontes2.jpg

Marcos Cesar Pontes (Bauru, 11 de março de 1963) é um tenente-coronel da Força Aérea Brasileira (FAB), atualmente na reserva. Foi o primeiro astronauta brasileiro, o segundo sul-americano e o primeiro lusófono a ir ao espaço, na missão batizada "Missão Centenário", em referência à comemoração dos cem anos do voo de Santos Dumont no avião 14 Bis, realizado em 1906. Em 30 de março de 2006, partiu em direção à Estação Espacial Internacional (ISS) a bordo da nave russa Soyuz TMA-8, com oito experimentos científicos brasileiros para execução em ambiente de microgravidade. Retornou no dia 8 de abril, a bordo da nave Soyuz TMA-7.

Casado com Franciska de Fátima Cavalcanti, Marcos Pontes tem dois filhos e seus hobbies são musculação, futebol, violão, piano, desenho e pintura em aquarela. Além destes hobbies, também se dedica ao radioamadorismo. Seu prefixo como radioamador é PY0AEB. Seus pais, Virgílio e Zuleika Pontes, moravam em Bauru. Foi piloto de caça da FAB, chegando ao posto de tenente-coronel.

Imagem selecionada


Atlantis docked to MIR - GPN-2000-001315.jpg
Ônibus espacial Atlantis atracado a Mir.
.

Neste dia: 21 de setembro


Categorias


Para ver todas as subcategorias, clique em [►]
Colabore!
Como colaborar!
• Crie artigos relacionados a exploração espacial dando visibilidade ao assunto escolhido.
• Adicione imagens nos artigos.
• Melhore os artigos sobre a exploração espacial.