Portal:Geologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
 ver·editar Portal de Geologia
Gondwana.jpg

Geologia, do grego γη- (geo-, "a terra") e λογος (logos, conhecimento, "palavra", "razão"), é a ciência que estuda principalmente a parte inferior da Terra, sua composição, estrutura, propriedades físicas, história e os processos que lhe dão forma. É uma das Ciências da Terra. A Geologia foi essencial para determinar a idade da Terra, que se julga ser cerca de 4,6 biliões de anos e desenvolver a teoria que afirma que a litosfera terrestre se encontra fragmentada em várias placas tectónicas que se deslocam sobre o manto superior fluido e viscoso (astenosfera) de acordo com um conjunto de processos denominado tectónica de placas. O geólogo juntamente com o Geógrafo, ajuda a localizar e a gerir os recursos naturais.Tem foco especial em recursos como o: petróleo e o carvão, assim como metais como o ferro, cobre e urânio, por exemplo.

 ver·editar Artigos selecionados
Área de ocorrência da Bacia do Paraná, na América do Sul.

A Bacia Geológica do Paraná, ou simplesmente Bacia do Paraná, é uma ampla bacia sedimentar situada na porção centro-leste da América do Sul. Sua área de ocorrência abrange principalmente o centro-sul do Brasil, desde o estado do Mato Grosso até o estado do Rio Grande do Sul, onde perfaz cerca de 75% de sua distribuição areal. Além do Brasil, ela também distribui-se no nordeste da Argentina, na porção leste do Paraguai e no norte do Uruguai. É uma depressão ovalada, com o eixo maior quase norte-sul, e possui uma área de cerca de 1,5 milhão de km².

Desenvolveu-se durante parte das eras Paleozóica e Mesozóica e seu registro sedimentar compreende rochas depositadas do Período Ordoviciano ao Cretáceo, abrangendo um intervalo de tempo entre 460 e 65 milhões de anos atrás. Sua espessura máxima, superior a 7000 m na sua porção central, é constituída por rochas sedimentares e ígneas. A Bacia do Paraná é rica em restos de animais e vegetais fósseis.

A Bacia do Paraná é uma típica bacia flexural de interior cratônico, embora durante o Paleozóico fosse um golfo aberto para sudoeste para o então Oceano Panthalassa. A gênese da bacia está ligada à relação de convergência entre a margem sudoeste do antigo supercontinente Gondwana, formado pelos atuais continentes América do Sul, África, Antártica e Austrália, além da Índia, e a litosfera oceânica do Panthalassa, classificando a bacia, pelo menos no Paleozóico, como do tipo antepais das orogenias Gondwanides. (leia mais...)


 ver·editar Imagem selecionada
Ice cave lake.jpg

Lago subterrâneo da caverna de gelo em Kungur (Rússia).

 ver·editar Colabore!
Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com Geologia na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

 ver·editar Por temas
 ver·editar Biografia selecionada
Alfred Wegener, 1925

Alfred Lothar Wegener (Berlim, 1 de Novembro de 1880 – Gronelândia, 2 de Novembro de 1930) foi um meteorologista alemão proponente da teoria das placas tectónicas e deriva continental. A formação inicial de Wegener foi feita na área da astronomia, concluindo um doutoramento em 1904 na Universidade de Berlim. Contudo, sempre teve interesse pela geofísica e tornou-se também interessado nos campos emergentes da meteorologia e climatologia. Alfred Wegener casou-se com a filha de um famoso meteorologista, Wladimir Köppen. Na área da meteorologia Wegener foi pioneiro na utilização de balões meteorológicos no estudo das massas de ar. Em 1906 Wegener fez parte de uma expedição à Gronelândia com o objectivo de estudar a circulação das massas de ar polar.


 ver·editar Você sabia?
Tubo de lava Thurston no Hawaii Volcanoes National Park

Tubos de lava são condutos naturais através dos quais a lava chega à superfície em um fluxo de lava, expelido por um vulcão em erupção. Por exemplo a caverna Kazumura - Olaa Cave System, na Ilha Havaí, próxima a Hilo, tem 65 km de comprimento e desnível de 1.101 m. Localiza-se na encosta oriental do vulcão Kilauea. Um tubo da erupção de 1859 do Mauna Loa, também no Havaí, entra no oceano a 50 km do ponto de erupção.



 ver·editar Categorias