Portal:Moçambique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Portal Moçambique


Portal Vaticano
Este portal pretende reunir informações sobre os mais variados temas relacionados com Moçambique.
Aloe cryptopoda 2 (4365029859).jpg Maputo harbour.jpg Igreja de Santo António 2010-10-18 10-55-00 Mozambique Maputo Macamo.jpg Ghost mountain mkuze sunset.jpg Mt Binga Mozambique.JPG Palácio dos Capitães-Generais Lake malawi mozambico coast.jpg Rio Limpopo Beira Fort Sao Sebastiao.gif


 ver · editar Moçambique
Flag of Mozambique.svg
Emblem of Mozambique.svg
Mapa de localização.

Moçambique, oficialmente designado como República de Moçambique, é um país localizado no sudeste do Continente Africano, banhado pelo Oceano Índico a leste e que faz fronteira com a Tanzânia ao norte; Malawi e Zâmbia a noroeste; Zimbabwe a oeste e Essuatíni e África do Sul a sudoeste. A capital e maior cidade do país é Maputo, anteriormente chamada de Lourenço Marques, durante o domínio português.

O território era uma antiga província ultramarina portuguesa. Foi colonizado a partir do século XVI. Existiram na região diversos reinos bantos, sendo o mais conhecido , o Império Mwenemutapa. Moçambique alcançou a independência em 25 de Junho de 1975, sendo instituído um regime socialista de partido único. Entre 1976 e 1992, o país foi fustigado por uma guerra civil que causou cerca de 900 mil mortos e feridos.

O país tem um enorme potencial agrícola, porém o seu aproveitamento é muito limitado pela proliferação de minas terrestres não desactivadas. As praias paradisíacas e zonas propícias ao mergulho nos seus mais de dois mil quilómetros de litoral, bem como os parques nacionais e reservas naturais no interior do país, têm vindo a ser aproveitados para o turismo. Moçambique é uma república presidencialista multipartidária desde 1994.

Moçambique conta com cerca de quatro dezenas de línguas nacionais, entre as quais o macua e o tsonga. O português, único idioma oficial, é usado por 40% dos moçambicanos, mas apenas 6,5% o tem como língua materna.

 ver · editar Artigo destacado aleatório

Maputo é a capital e a maior cidade de Moçambique. É também o principal centro financeiro, corporativo e mercantil do país. Localiza-se na margem ocidental da baía de Maputo, no extremo sul do país, perto da fronteira com a África do Sul e, da fronteira com o Essuatíni e, por conseguinte, da tripla fronteira dos três países.

Fundada no século XVI, serviu como o principal entreposto português naquele ponto do oceano Índico, graças à sua baía privilegiada, tornando-se, em 1898, a capital da colónia. até 13 de março de 1976, a cidade era denominada "Lourenço Marques" em homenagem ao explorador português homónimo.

A cidade constitui administrativamente um município com um governo eleito e tem também, desde 1980, o estatuto de província. Não deve ser confundida com a província de Maputo, que ocupa a parte mais meridional do território moçambicano, excetuando a cidade de Maputo. O município tem uma área de cerca de 300 km² e uma população de 1 088 449 (Censo de 2017). A sua área metropolitana, que inclui o município da Matola e os distritos de Boane e Marracuene, tem uma população de 3 158 465 habitantes.


 ver · editar História

A história de Moçambique encontra-se documentada pelo menos a partir do século X, quando um estudioso viajante árabe, conhecido porAlmaçudi, descreveu uma importante actividade comercial entre as nações da região do Golfo Pérsico e os "Zanjes" (os negros) da "Bilade as Sofala", que incluía grande parte da costa norte e centro do actual Moçambique.

No entanto, vários achados arqueológicos permitem caracterizar a "pré-história" de Moçambique por muitos séculos antes, mesmo antes da escrita. Provavelmente o evento mais importante dessa pré-história teria sido a fixação, nesta região, dos povos bantu que, não só eram agricultores, mas introduziram aqui a metalurgia do ferro, entre os séculos I a IV.

A partir do século XVI, teve início a colonização portuguesa, porém, só em 1885, com a partilha de África pelas potências europeias durante a Conferência de Berlim, que a região se transformou numa ocupação militar, ou seja, na submissão total dos estados ali existentes, que levou, nos inícios do século XX a uma verdadeira administração colonial. Depois de uma guerra de libertação que durou cerca de dez anos, Moçambique tornou-se independente em 25 de Junho de 1975.

 ver · editar Imagem aleatória
Vista aérea de Maputo.
 ver · editar Categorias
 ver · editar Como colaborar
Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com Moçambique na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.


 ver · editar Você sabia
  • ...que o principal alimento do país é a mandioca?
  • ...que a estimativa é de que 50% da população tenha menos de 15 anos de idade?
  • ...que Moçambique e Ruanda são os únicos países membros da Commonwealth (Comunidade Britânica) que nunca foram colonizados pelos britânicos?
  • ...que o país é o único a ter uma arma moderna na bandeira, símbolo da luta armada contra o colonialismo: uma AK-47?


 ver · editar Biografia selecionada
Maria de Lurdes Mutola

Maria de Lurdes Mutola (Maputo, 27 de Outubro de 1972) é uma atleta moçambicana. Detém o recorde mundial dos 1500 metros em pista coberta e em pista aberta, o recorde africano dos 1000 metros em pista aberta e recorde africano dos 800 metros em pista aberta. Em 1995, consagrou-se vencedora do Grande Prémio da IAAF - Federação Internacional de Atletismo Amador. Foi a primeira moçambicana a ganhar uma medalha de ouro para Moçambique.

Em 1988, foi beneficiada com uma bolsa de solidariedade olímpica para os países do terceiro mundo e passou a residir no estado do Oregon, Estados Unidos, onde frequentou e concluiu seus estudos. Desde então, manteve-se ativa na vida esportiva e venceu várias provas internacionais, colocando-se entre as maiores personalidades do atletismo internacional. Em 2000, foi eleita para tomar parte na Comissão de Atletas do Comité Olímpico Internacional, posição que ocupa até hoje.

 ver · editar Predefinições
 ver · editar Wikimedia