Portal:Química

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


PORTAL QUÍMICA
Analítica Físico-Química Inorgânica Orgânica

Química é a ciência que estuda a composição, estrutura e propriedades da matéria, bem como as transformações e interações que esta experimenta, inclusive no que diz respeito à energia. Baseia-se no estudo dos átomos (e de suas partículas) dos elementos químicos.

Ler mais sobre Química...

Mostrar novas seleções — atualizar a página
 ver·editar Artigo selecionado
Niobium crystals and 1cm3 cube.jpg

O nióbio é um elemento químico, de símbolo Nb, número atômico 41 e massa atômica 92,9 u. É um elemento de transição pertencente ao grupo 5 (anteriormente denominado 5B) da classificação periódica dos elementos. O nome deriva da deusa grega Níobe, filha de Dione e Tântalo — este último, por sua vez, originou o nome de outro elemento da mesma família, o tântalo. É usado principalmente em ligas de aço para a produção de tubos condutores de fluidos. Foi descoberto em 1801 pelo inglês Charles Hatchett.

O nióbio têm propriedades físicas e químicas similares ao do elemento químico tântalo e por isso ambos são difíceis de distinguir. Em 1801, o químico inglês Charles Hatchett relatou a descoberta de um material similar ao tântalo e o denominou colúmbio. Em 1809, o químico inglês William Hyde Wollaston, erroneamente, concluiu que o tântalo e o colúmbio eram idênticos. Em 1846, o químico alemão Heinrich Rose estabeleceu que os minérios de tântalo continham um segundo elemento que foi batizado como nióbio. Entre 1864 e 1865, ficou esclarecido que "nióbio" e "colúmbio" eram dois nomes do mesmo elemento, sendo assim, por quase um século adotados esses termos de forma intercambiável. O nióbio foi oficialmente reconhecido como um elemento químico em 1949, mas o termo colúmbio ainda é utilizado na metalurgia estadunidense.

As primeiras aplicações comerciais desse elemento datam do começo do século XX. Existem poucas minas de nióbio com viabilidade econômica. O Brasil é historicamente o primeiro produtor mundial de nióbio e ferronióbio (uma liga de nióbio e ferro) e é responsável por 75% da produção mundial do elemento.


 ver·editar Biografia selecionada
Pauling na Universidade de Osaka em 1955
Linus Carl Pauling (Portland, Oregon, 28 de Fevereiro de 1901Big Sur, Califórnia, 19 de Agosto de 1994) foi um químico quântico e bioquímico dos Estados Unidos da América. Também é reconhecido como cristalógrafo, biólogo molecular e pesquisador médico.

Pauling é amplamente reconhecido como um dos principais químicos do século XX. Foi pioneiro na aplicação da Mecânica Quântica em Química, e em 1954 foi galardoado com o Prémio Nobel da Química pelo seu trabalho relativo à natureza das ligações químicas. Também efectuou importantes contribuições relativas à determinação da estrutura de proteínas e cristais, sendo considerado um dos fundadores da Biologia Molecular. Durante as suas investigações esteve perto de descobrir a estrutura em hélice dupla do ADN, descoberta essa efectuada mais tarde por Watson e Crick, em 1953.

 ver·editar Conteúdo destacado
 ver·editar Como você pode nos ajudar
Colabore!

Agradecemos pelo seu interesse em Química na Wikipédia.

A maior parte dos artigos relacionados à Química não estão com qualidade considerada satisfatória. Muitos artigos ainda são esboços e carecem de referências. Sua ajuda é muito bem-vinda. Se você possui interesse no assunto, ajude-nos a melhorar os artigos existentes. Caso possua dúvida sobre como editar, veja este simples tutorial que contêm tudo o que é necessário saber para começar a editar.


 ver·editar Categorias

Categoria Química

 ver·editar Imagem selecionada
M Faraday Lab H Moore.jpg
Crédito: Harriet Moore

O laboratório de Michael Faraday (1791-1867), um influente químico e físico inglês. Faraday começou seus trabalhos como químico. Hexacloroetano e tetracloroeteno, os primeiros organoclorados, foram sintetizados por Faraday em 1820. Cinco anos depois isolou e descreveu o benzeno. Ajudou também a construir as bases da metalurgia. Suas principais contribuições foram no campo do eletromagnetismo.

 ver·editar Vidrarias de laboratório
 ver·editar Química na sociedade
 ver·editar Química na indústria
Nobel
2018
2017
2016
2015
2014
 ver·editar Você sabia que...
  • A composição da lua é praticamente igual à da Terra (resultado de análises de rochas lunares trazidas pelos astronautas)?
  • A Argentina tem seu nome variado da prata, cujo elemento é o Argentium(Ag)?
  • O lítio é usado farmacologicamente para tratamento de pacientes maníaco-depressivos. E é levemente tóxico?
  • Os elementos da família do carbono constituem 27,7% da crosta de nosso planeta, sendo o silício, o mais encontrado e abundante entre eles, com cerca de 26%?
  • As unhas das mãos crescem mais depressa que as dos pés?
 ver·editar Tabela periódica
Grupo # 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
Período
1 1
H

2
He
2 3
Li
4
Be

5
B
6
C
7
N
8
O
9
F
10
Ne
3 11
Na
12
Mg

13
Al
14
Si
15
P
16
S
17
Cl
18
Ar
4 19
K
20
Ca
21
Sc
22
Ti
23
V
24
Cr
25
Mn
26
Fe
27
Co
28
Ni
29
Cu
30
Zn
31
Ga
32
Ge
33
As
34
Se
35
Br
36
Kr
5 37
Rb
38
Sr
39
Y
40
Zr
41
Nb
42
Mo
43
Tc
44
Ru
45
Rh
46
Pd
47
Ag
48
Cd
49
In
50
Sn
51
Sb
52
Te
53
I
54
Xe
6 55
Cs
56
Ba
*
72
Hf
73
Ta
74
W
75
Re
76
Os
77
Ir
78
Pt
79
Au
80
Hg
81
Tl
82
Pb
83
Bi
84
Po
85
At
86
Rn
7 87
Fr
88
Ra
**
104
Rf
105
Db
106
Sg
107
Bh
108
Hs
109
Mt
110
Ds
111
Rg
112
Cn
113
Nh
114
Fl
115
Mc
116
Lv
117
Ts
118
Og

* Lantanídios 57
La
58
Ce
59
Pr
60
Nd
61
Pm
62
Sm
63
Eu
64
Gd
65
Tb
66
Dy
67
Ho
68
Er
69
Tm
70
Yb
71
Lu
** Actinídios 89
Ac
90
Th
91
Pa
92
U
93
Np
94
Pu
95
Am
96
Cm
97
Bk
98
Cf
99
Es
100
Fm
101
Md
102
No
103
Lr

Legenda da tabela

Metais Semimetais Não metais Desconhecidos
Metais
alcalinos
2
Metais alcalinoterrosos2 Metal de transição Metais de transição2 Metais representativos Não metais Halogênios3 Gases nobres3
Lantanídios1, 2 Actinídios1, 2

Cor do número atômico: Estado físico (CNTP): preto: sólido verde: líquido vermelho: gás cinza: desconhecido

Cor e estilo da borda indica incidência na natureza: elemento primordial decaimento elemento sintético

 ver·editar Portais relacionados
 ver·editar Química em outros projetos Wikimedia
Química no Wikinotícias     Química no Wikiquote     Química no Wikilivros     Química no Wikisource     Química no Wikcionário     Química na Wikiversidade     Química no Wikivoyage     Química no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/Qu%C3%ADmicaWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/Qu%C3%ADmicaWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/Qu%C3%ADmicaWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/Qu%C3%ADmicaWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/Qu%C3%ADmicaWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Qu%C3%ADmicaWikiversity-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Qu%C3%ADmicaWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:Qu%C3%ADmicaCommons-logo.svg